Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 06 de junho de 2019.

Jornal do Comércio

Geral

CORRIGIR

Urbanismo

06/06/2019 - 18h59min. Alterada em 06/06 às 19h21min

Chuva atrasa conclusão da reforma da praça no bairro Santana

Calçada no contorno da praça já melhora a condição para as pessoas caminharem pelo local

Calçada no contorno da praça já melhora a condição para as pessoas caminharem pelo local


MARCELO G. RIBEIRO/JC
Patrícia Comunello
A vizinhança da Praça Major Joaquim Queiróz, no coração do bairro Santana, em Porto Alegre, terá de ter um pouco de paciência para ver o local reaberto e de cara nova. As chuvas de maio, recorde em 35 anos no mês, provocaram atrasos na execução da revitalização, que é feita pelo Hospital de Clínicas (HCPA).
A obra é uma compensação pela ampliação do hospital, que está finalizando dois anexos de sua ampliação. A reforma que começou nos primeiros dias de março, para ficar pronta em junho, deve avançar mais um mês, além do cronograma inicial, diz o HCPA. Com isso, a praça remodelada deve ser reaberta à comunidade no começo de agosto.      
Mas quem passa região, entre as ruas Jerônimo de Ornelas, Santana e Santa Terezinha já nota as mudanças com as intervenções. Parte dos tapumes que cercavam todo o perímetro foram retirados e é possível perceber a retirada dos equipamentos antigos dos parques, bancos e demais instalações, além de nivelamentos do terreno e aterros.
No contorno da área, a instalação de calçada, que antes não existia, é uma melhoria que muitas pessoas já começam a utilizar. Sem a pavimentação, quando chovia, era incômodo trafegar pelo local devido a alagamentos e barro. Na atual etapa, estão sendo executados os pisos de concreto e instalados novos equipamentos, mobiliário urbano e brinquedos. Também está sendo feita pintura e colocação de tela na quadra de esporte, além de plantio de grama.
O HCPA informou que 78% das obras estão concluídas. "Há um atraso aproximado de 30 dias, em função das chuvas intensas do último mês, que inviabilizaram o avanço das atividades. A previsão é que seja entregue até o final de julho", diz a nota. A expectativa é que a revitalização volte a atrair o fluxo de moradores, que haviam se afastado devido à má conservação.
CORRIGIR