Porto Alegre, quarta-feira, 29 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 29 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Sapucaia do Sul

- Publicada em 03h29min, 28/05/2019. Atualizada em 03h00min, 28/05/2019.

Estado suspende abertura de propostas para zoológico

O governo do Estado suspendeu a abertura dos envelopes com as propostas de empresas interessadas na concessão do Parque Zoológico de Sapucaia do Sul, prevista para ocorrer hoje. O adiamento ocorre devido à necessidade de reavaliação do edital. "Queremos assegurar a atratividade do zoológico, esclarecendo todos os pontos que possam não estar sendo plenamente compreendidos", salienta o secretário extraordinário de Parcerias, Bruno Vanuzzi.
O governo do Estado suspendeu a abertura dos envelopes com as propostas de empresas interessadas na concessão do Parque Zoológico de Sapucaia do Sul, prevista para ocorrer hoje. O adiamento ocorre devido à necessidade de reavaliação do edital. "Queremos assegurar a atratividade do zoológico, esclarecendo todos os pontos que possam não estar sendo plenamente compreendidos", salienta o secretário extraordinário de Parcerias, Bruno Vanuzzi.
A modelagem para a concessão do local foi elaborada pela consultoria KMPG/Manesco/Planos no governo anterior. Conforme o estudo técnico, o investimento privado deverá ser de R$ 59 milhões, por 30 anos de concessão, com 70% das obras prontas em até três anos.
As características físicas do local podem ser um ponto positivo para atrair parceiros, em uma nova análise, segundo o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Artur Lemos. "O zoológico possui uma área de 150 hectares. Isso permite a um futuro parceiro buscar outros negócios no espaço e talvez seja importante esclarecermos quais atividades são ambientalmente licenciáveis", finaliza.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO