Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 07 de maio de 2019.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Urbanismo

07/05/2019 - 18h06min. Alterada em 07/05 às 18h06min

Capital apresenta projetos de mobilidade para avaliação da Caixa

Porto Alegre conta com cerca de 48 quilômetros de vias exclusivas para ciclistas

Porto Alegre conta com cerca de 48 quilômetros de vias exclusivas para ciclistas


MARCO QUINTANA/JC
Dois projetos de mobilidade urbana da prefeitura de Porto Alegre, submetidos à apreciação do Ministério do Desenvolvimento Regional para o Programa Avançar Cidades – Mobilidade, foram aceitos para tramitar pelo ministério e serão submetidos à apreciação da Caixa Econômica Federal para obtenção de financiamento.
O primeiro projeto, de quase R$ 5,9 milhões - financiamento de R$ 5,6 milhões com contrapartida estimada em R$ 297,7 mil -, trata da implantação de ciclovias complementares à rede existente na Capital. Atualmente, Porto Alegre conta com cerca de 48 quilômetros de ciclovia. A realização de pesquisa das matrizes de viagem e do padrão de deslocamentos no município prevê financiamento de R$ 3,8 milhões e de R$ 200 mil de contrapartida e consta no segundo projeto. As proposições seguem agora para exame na Caixa.
Segundo o ministério, outras cartas-consulta submetidas à apreciação devem ter uma resposta até o final deste mês. Entre elas, estão a que prevê a elaboração de levantamento hidrográfico, de sinalização náutica para hidrovia e de projeto executivo para estrutura de atracação e estação hidroviária. Além disso, também serão examinadas a obtenção de recursos para a construção de uma via na margem esquerda do arroio Cavalhada, entre as avenidas Icaraí e Diário de Notícias.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia