Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 21 de abril de 2019.
Dia de Tiradentes. Aniversário de Brasília/DF.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

direitos humanos

21/04/2019 - 21h36min. Alterada em 21/04 às 21h54min

Marielle Franco deve virar nome de jardim em Paris

Inauguração do Jardim Marielle Franco deve ocorrer em outubro

Inauguração do Jardim Marielle Franco deve ocorrer em outubro


MÍDIA NINJA/DIVULGAÇÃO/JC
Estadão Conteúdo
A comissão de denominação de ruas da prefeitura de Paris determinou que um jardim da cidade receba o nome da vereadora brasileira Marielle Franco, assassinada em 14 de março de 2018. Como informa a agência RFI, o local escolhido é uma praça suspensa no terraço de um hotel em construção junto à Gare de l'Est, uma das principais estações de trem da cidade.
Anne Hidalgo, prefeita da capital francesa, expressou à ONG RED.Br - Rede Europeia pela Democracia no Brasil, entidade à frente da iniciativa - seu desejo de nomear um local da cidade em homenagem a Marielle em fevereiro deste ano. Em 1º de abril, o Conselho de Paris votou a favor da proposta. Falta agora a ratificação pelo conselho do 10° distrito, bairro onde fica o futuro jardim, e depois pelo Conselho de Paris. A decisão final será tomada no dia 11 de junho.
A inauguração do Jardim Marielle Franco deve ocorrer em outubro, de acordo com a historiadora Juliette Dumont, que faz parte da RED.Br.
Marielle Franco, vereadora do PSOL, e o motorista do carro em que ela estava, Anderson Gomes, foram executados em 14 de março de 2018, no bairro da Lapa, centro do Rio de Janeiro. Desde então, a prefeita de Paris publica posts nas redes sociais em homenagem a Marielle e cobra a resolução do caso.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia