Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 11 de março de 2019.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Clima

Edição impressa de 12/03/2019. Alterada em 11/03 às 01h00min

Chuvas fortes deixam 12 mortos e provocam caos em São Paulo

As fortes chuvas que atingiram a cidade de São Paulo e o Grande ABC na noite de domingo e na madrugada de ontem causaram pelo menos 12 mortes - sete por afogamento e cinco por soterramento ou deslizamento de terra.
Uma conjunção de fatores meteorológicos contribuiu para a ocorrência das fortes chuvas. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, a interação entre uma frente fria entrando pelo Vale do Ribeira e um sistema de baixa pressão muito perto do litoral colaboraram com os elevados volumes de precipitação. Em Santo André, por exemplo, choveu 182 mm nas últimas 24 horas - o equivalente a 80% da média para todo o mês de março. Em São Bernardo do Campo e Ribeirão Pires, o registro de 24 horas correspondeu a 78% e a 74% das médias mensais, respectivamente, de acordo com informe do governo do estado. Só no bairro de Rudge Ramos, em São Bernardo, segundo monitoramento do Departamento de Águas e Energia Elétrica, choveu 163,8 mm.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia