Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 10 de janeiro de 2019.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Trânsito

Edição impressa de 11/01/2019. Alterada em 11/01 às 01h00min

Dados apontam queda no percentual de motoristas alcoolizados, diz Detran-RS

Dados divulgados pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RS) nesta quinta-feira indicam queda no percentual de motoristas flagrados sob efeito de álcool ou que se recusam a fazer o teste do bafômetro. Em 2011, ano em que a Balada Segura foi implementada no Estado, o número de condutores que incidiam em alguma das situações era de 12,2%, percentual que passou para 6,6% em outubro.
Nos últimos anos, a quantidade de autuados pelo consumo de álcool vem caindo. Em 2015, o índice ficou em 9,2% dos motoristas abordados, reduzindo para 8,4%, em 2016, e 7,4% no ano seguinte. Na média, a redução nos últimos três anos é de 10,4% - um indicador que a diretora institucional do Detran-RS, Juliana Oliveira da Silva, associa a uma mudança de comportamento em longo prazo, associada diretamente com o programa de fiscalização adotado.
O órgão ressalta, no entanto, que a redução percentual não significa números menores de autuados por beber e dirigir, já que houve aumento das abordagens. Comparando os dados de janeiro a outubro dos últimos sete anos, o crescimento médio das autuações por embriaguez foi de 19,6%. Em 2012, foram 3.111 autuações em 28.011 abordagens, número que ampliou-se para 7.815 autuações em 118.031 abordagens em 2018.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia