Porto Alegre, domingo, 02 de agosto de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 02 de agosto de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Segurança

- Publicada em 06h03min, 08/01/2019.

Em apreensão recorde, PF confisca 78 toneladas de cocaína em um ano

Dados do sistema de inquéritos da Polícia Federal (PF) mostram que a corporação bateu recorde histórico de apreensão de cocaína em 2018. Com 78,5 toneladas apreendidas, a PF quase duplicou o antigo recorde, de 2017, quando foram arrestadas cerca de 48 toneladas da droga. Se comparada com toda a série histórica, a marca atingida em 2018 é cerca de 25 vezes superior à registrada em 1995 - primeiros ano cujos dados estão disponíveis. Naquele ano, a PF apreendeu 3,1 toneladas.
Dados do sistema de inquéritos da Polícia Federal (PF) mostram que a corporação bateu recorde histórico de apreensão de cocaína em 2018. Com 78,5 toneladas apreendidas, a PF quase duplicou o antigo recorde, de 2017, quando foram arrestadas cerca de 48 toneladas da droga. Se comparada com toda a série histórica, a marca atingida em 2018 é cerca de 25 vezes superior à registrada em 1995 - primeiros ano cujos dados estão disponíveis. Naquele ano, a PF apreendeu 3,1 toneladas.
O combate ao tráfico é realizado pelas Delegacias de Repressão a Entorpecentes (DREs), espalhadas pelas superintendências regionais de todo o País. A partir deste ano, a PF incluiu em sua estrutura central, em Brasília, o combate a facções que comandam o tráfico no Brasil, na Coordenação-Geral de Repressão a Entorpecentes.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO
Geral - Em apreensão recorde, PF confisca 78 toneladas de cocaína em um ano
Porto Alegre, domingo, 02 de agosto de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 02 de agosto de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Segurança

- Publicada em 06h03min, 08/01/2019.

Em apreensão recorde, PF confisca 78 toneladas de cocaína em um ano

Dados do sistema de inquéritos da Polícia Federal (PF) mostram que a corporação bateu recorde histórico de apreensão de cocaína em 2018. Com 78,5 toneladas apreendidas, a PF quase duplicou o antigo recorde, de 2017, quando foram arrestadas cerca de 48 toneladas da droga. Se comparada com toda a série histórica, a marca atingida em 2018 é cerca de 25 vezes superior à registrada em 1995 - primeiros ano cujos dados estão disponíveis. Naquele ano, a PF apreendeu 3,1 toneladas.
Dados do sistema de inquéritos da Polícia Federal (PF) mostram que a corporação bateu recorde histórico de apreensão de cocaína em 2018. Com 78,5 toneladas apreendidas, a PF quase duplicou o antigo recorde, de 2017, quando foram arrestadas cerca de 48 toneladas da droga. Se comparada com toda a série histórica, a marca atingida em 2018 é cerca de 25 vezes superior à registrada em 1995 - primeiros ano cujos dados estão disponíveis. Naquele ano, a PF apreendeu 3,1 toneladas.
O combate ao tráfico é realizado pelas Delegacias de Repressão a Entorpecentes (DREs), espalhadas pelas superintendências regionais de todo o País. A partir deste ano, a PF incluiu em sua estrutura central, em Brasília, o combate a facções que comandam o tráfico no Brasil, na Coordenação-Geral de Repressão a Entorpecentes.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO