Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 11 de dezembro de 2018.
Dia do Arquiteto. Dia do Engenheiro.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Segurança pública

Edição impressa de 11/12/2018. Alterada em 11/12 às 01h00min

Batalhões em Porto Alegre e no Interior receberão 1,2 mil pistolas doadas pelo Instituto Floresta

O Estado recebeu mais uma doação de armas do Instituto Floresta nesta segunda-feira. No total, 1,2 mil pistolas da marca Glock, destinadas ao uso dos três Batalhões de Operações Especiais (BOE) da Brigada Militar - Porto Alegre, Santa Maria e Passo Fundo - e dos pelotões de operações especiais de área (Poes) foram repassadas ao governo do Rio Grande do Sul. Esse lote de doação se soma às 1.547 pistolas e fuzis, 46 viaturas, coletes, rastreadores e outros equipamentos já entregues deste o início da parceria da instituição com o Estado, intensificada ao longo deste ano.
Parcerias como a do Instituto Floresta com a Secretaria de Segurança Pública (SPP) originaram a lei complementar que criou o Programa de Incentivo ao Aparelhamento da Segurança Pública do Estado (Piseg/RS). A legislação, pioneira no Brasil, permite a destinação de recursos pela iniciativa privada para aquisição de equipamentos à segurança pública, possibilitando às empresas contribuintes a compensação de valores destinados ao aparelhamento da segurança pública estadual, com valores correspondentes ao ICMS a recolher.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia