Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 06 de dezembro de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Transportes

06/12/2018 - 10h35min. Alterada em 06/12 às 10h35min

EPTC interdita parada com estrutura comprometida próximo à avenida Ipiranga em Porto Alegre

A estrutura de ferro da parada será substituída pelas Paradas Seguras

A estrutura de ferro da parada será substituída pelas Paradas Seguras


ANTONIO MARTINS BATISTA/ESPECIAL/JC
Quem chegou na parada de ônibus da rua Salvador França, próximo à avenida Ipiranga, nessa quarta-feira (5) deparou-se com o local isolado. A medida foi adotada após vistoria da Empresa de Transporte e Circulação de Porto Alegre (EPTC) constatar que a estrutura de ferro que sustenta o telhado da parada está corroída pela ação do clima. A estrutura foi removida na manhã desta quinta-feira (6). 
Para atender aos passageiros de ônibus no sentido Sul/Norte, foi ativada uma área que já serviu de parada, mas que não tem cobertura, a poucos metros do ponto com problema. A EPTC diz que será instalado um local o temporário coberto para abrigar os usuários do transporte.
A estrutura provisória no lugar da danificada será instalada nesta quinta. A Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade deve fazer um piso de concreto que servirá de base para a cobertura. Deve ser avaliado se será preciso fazer nova fundação.
A estrutura será adaptada aos modelos de paradas seguras que tem o piso de concreto, telhado de metal amarelo e bancos e laterais azuis. O modelo é utilizado em toda a extensão da avenida Ipiranga. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia