Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 24 de novembro de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

clima

Alterada em 24/11 às 13h42min

Chuva forte e ininterrupta causa acúmulo de água e queda de árvores em Porto Alegre

No bairro Passo d'Areira, o trânsito teve bloqueio total em razão da queda de uma árvore

No bairro Passo d'Areira, o trânsito teve bloqueio total em razão da queda de uma árvore


EPTC/Divulgação/JC
A chuva que teve início na noite desta sexta-feira (23) em Porto Alegre seguiu até a manhã de sábado (24) sem parar, o que causou acúmulo de água pelas ruas da Capital, além de quedas de árvores em razão dos ventos fortes.
Na rua Nova Prata, no bairro Passo d'Areira, o trânsito teve que ser totalmente bloqueado ainda no início da manhã em razão de uma árvore no meio da via. A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb), responsável pelo manejo arbóreo, tem quatro equipes de plantão atendendo às demandas envolvendo quedas de árvores e galhos, com prioridade para vias com bloqueio. Conforme a prefeitura, não há bloqueios registrados no início desta tarde.
Sinaleiras estavam fora de operação nos cruzarmos das ruas Oscar Pereira x Aparício Borges, Baltazar de Oliveira Garcia x Ary Tarragô e na João Pessoa, na altura do Shopping João Pessoa.
De acordo com a Defesa Civil Municipal, o volume acumulado de chuva chegou a 55 mm - ultrapassando a metade da média histórica de precipitação para o mês de novembro, que é de 104,2 mm. A situação de instabilidade deve seguir durante este sábado, e o sol deve voltar a aparecer no domingo.
A prefeitura informou ainda que, em razão dos grandes volumes de chuva, o nível do Guaíba está sendo monitorado pelas equipes da Defesa Civil. Na manhã, chegava a 1,01 metro no Cais Mauá, o que ainda é considerado normal.
A chuva também causou a queda das temperaturas, que estava ultrapassando os 30°C nos últimos dias e devem ficar entre 17°C e 28°C durante o fim de semana na Capital.
Sinaleiras estavam fora de operação nos cruzarmos das ruas Oscar Pereira x Aparício Borges, Baltazar de Oliveira Garcia x Ary Tarragô e na João Pessoa, na altura do Shopping João Pessoa.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia