Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 02 de outubro de 2018.
Dia Internacional do Notário.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

clima

02/10/2018 - 08h56min. Alterada em 02/10 às 12h36min

Falta de energia elétrica ainda afeta quase 30 mil clientes no Rio Grande do Sul

As novas ocorrências de temporais no Rio Grande do Sul nessa segunda-feira (1) voltaram a causar transtornos em diversas regiões do Estado. Cerca de 29 mil pontos ainda permaneciam sem luz no começo da manhã desta terça-feira (2), conforme balanço das distribuidoras.
Do total de afetados, 12.100 mil clientes são da RGE Sul e 6.400 mil clientes são da RGE. A distribuidora informa que, destes totais, 3.800 clientes da RGE Sul e 2.600 da RGE são de ocorrências que ingressaram nesta terça, em função da continuidade do mau tempo.
Já a CEEE reduziu para 12 mil o número de clientes sem fornecimento de energia na região Sul, ainda em decorrência do temporal do fim de semana. Somente em Pelotas, cidade mais afetada, são 6 mil pontos ainda sem luz, de acordo com a companhia.
Depois de uma pequena trégua no domingo, a chuva voltou a atingir com força o Estado ontem. Em Canoas, na região Metropolitana, parte do teto interno da praça de alimentação do ParkShopping Canoas desabou com o temporal. Em Porto Alegre, a chuva causou diversos problemas no trânsito. Pelo menos 22 vias registraram acúmulo de água, de acordo com a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC).
De acordo com boletim da Defesa Civil estadual divulgado no fim da manhã de hoje, 14 municípios foram atingidos por chuva, granizo e ventos fortes, com 146 residências afetadas. Seis pessoas estão desalojadas em Pelotas, sendo quatro adultos e duas.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia