Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 25 de setembro de 2018.
Dia do Trânsito.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Saúde

Edição impressa de 25/09/2018. Alterada em 25/09 às 01h00min

Hospital da Restinga abre setor de traumatologia

Suzy Scarton
O Pronto Atendimento de Traumatologia e Ortopedia do Hospital Restinga e Extremo Sul (HRes), no bairro Restinga, na Zona Sul da Capital, foi inaugurado ontem. Prometido desde a inauguração, há quatro anos, o serviço está sendo viabilizado pela Associação Hospitalar Vila Nova, que assumiu a administração em agosto.
A expectativa é de que o novo pronto-atendimento atenda 1,2 mil consultas por mês - a Secretaria Municipal de Saúde deve encaminhar 18 casos diariamente. O restante será de demanda espontânea. O serviço será de baixa e de média complexidade. A ideia é que casos mais graves sejam estabilizados e, em seguida, encaminhados ao Hospital de Pronto Socorro (HPS), referência no atendimento de trauma na Capital.
"Deve desafogar bastante o atendimento no Postão da Cruzeiro", afirma o diretor da associação, Dirceu Dal'Molin. O horário de atendimento será de segunda-feira a sábado, das 7h às 19h. Oito ortopedistas e traumatologistas compõem a equipe.
No dia 1 de outubro, o Hospital da Restinga entrega dez leitos de Unidade de Tratamento Intensivo. O HRes já oferece 91 leitos de internação clínica e dez de internação pediátrica. "Estamos realizando o treinamento de funcionários. Todos os equipamentos serão de ponta", garante Dal'Molin. O bloco cirúrgico foi inaugurado neste mês e realizará procedimentos de baixa e média complexidades, como vasectomia, retirada de hérnia, vesícula e apendicite.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia