Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 11 de setembro de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Homenagem

Edição impressa de 11/09/2018. Alterada em 11/09 às 01h00min

Sessão solene celebra centenário da Justiça Militar do Estado

Giovanni Jarros Tumelero (c) foi um dos agraciados com comenda

Giovanni Jarros Tumelero (c) foi um dos agraciados com comenda


MARCO QUINTANA/JC
Os 100 anos de atividade do Tribunal de Justiça Militar do Rio Grande do Sul (TJM-RS), completados neste ano, foram lembrados em uma sessão solene, ocorrida ontem no Theatro São Pedro, em Porto Alegre. Figuras ligadas a diferentes esferas do Judiciário estiveram presentes, bem como autoridades dos governos municipal, estadual e federal, além de diversas organizações da sociedade civil.
Durante a solenidade, foi concedida a Comenda do Centenário, honraria destinada a pessoas e entidades consideradas de significativa contribuição para divulgação e consolidação das atividades do TJM-RS. Um dos agraciados foi o diretor de Operações do Jornal do Comércio, Giovanni Jarros Tumelero. Após, ocorreu o descerramento de uma placa alusiva ao centenário da instituição.
O presidente do TJM-RS, Paulo Roberto Mendes Rodrigues, frisou a eficiência no trâmite de processos no tribunal, cuja resolução costuma ser mais célere do que nos órgãos civis. O Eproc, sistema eletrônico lançado recentemente pelo TJM-RS, deve ser decisivo para agilizar ainda mais a resolução dos casos, disse Mendes. "Temos orgulho de tudo que alcançamos nesses 100 anos. Que venha, agora, o bicentenário", celebrou.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia