Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 01 de setembro de 2018.
Feriado nos EUA - Dia do Trabalho.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

clima

01/09/2018 - 18h07min. Alterada em 01/09 às 20h53min

Rio Grande do Sul tem registro de estragos e famílias desabrigadas devido à chuva

Em Jaguarão, duas famílias estão desabrigadas devido à cheia do rio

Em Jaguarão, duas famílias estão desabrigadas devido à cheia do rio


PREFEITURA DE JAGUAR/DIVULGAÇÃO/JC
As fortes chuvas que atingem o Rio Grande do Sul desde a quarta-feira já causam estragos em alguns municípios gaúchos. De acordo com boletim da Defesa Civil divulgado neste sábado (1°), já são ao menos oito municípios com registro de danos em decorrência da instabilidade e seis residências atingidas. Em Jaguarão, duas famílias estão desabrigadas devido à cheia do rio que batiza a cidade.
Pedras Altas, Santana do Livramento, Alegrete, São Francisco de Paula, Passo Fundo, Carazinho e Montenegro são as demais cidades listadas pelo órgão. Os estragos nas residências ocorreram devido a queda de granizo. A Defesa Civil segue monitorando o nível de chuva e nível dos rios no Estado.
Em Porto Alegre, chove forte desde quinta-feira e a previsão é de que a instabilidade persista pelo menos até segunda. Um galho de árvore precisou ser removido no bairro Cristal neste sábado, após cair na rua Prof. Ulisses Cabral. Apesar dos altos volumes de chuva, não foram registrados transtornos mais graves na Capital.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia