Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 31 de julho de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Investigação

Alterada em 31/07 às 12h36min

Operação combate fraudes de R$ 4 milhões na Previdência Social

A Polícia Federal, com o apoio do Instituto Nacional do Seguro social (INSS), deflagrou nesta terça-feira (31) a Operação Apate para combater fraudes de mais de R$ 4 milhões na Previdência Social. Os investigadores miram desarticular um esquema especializado em desvios na Previdência em São Paulo.
Em nota, a PF informou que são cumpridos, nas cidades de Araraquara e São Carlos, em São Paulo, quatro mandados de prisão preventiva e seis mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal de São Carlos.
De acordo com o que foi apurado, para fins de obtenção de benefícios previdenciários, eram inseridos dados fraudulentos em sistemas da Previdência. Essas fraudes consistiam na criação de vínculos empregatícios fictícios e extemporâneos, com transmissão de dados pelo sistema SEFIP/Conectividade Social - Guia de Recolhimento do FGTS e Informações para a Previdência Social (GFIP).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia