Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 17 de julho de 2018.
Dia de Proteção às Florestas .

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Saúde

Notícia da edição impressa de 17/07/2018. Alterada em 16/07 às 22h04min

Trabalhadores do programa Estratégia Saúde da Família prometem paralisar amanhã

Os profissionais que atuam no programa Estratégia Saúde da Família (ESF) de Porto Alegre prometem parar amanhã. A paralisação ocorrerá durante o horário de atendimento das Unidades Básicas de Saúde, das 8h às 17h, que possuam equipes de ESF.
Em assembleia geral na quinta-feira, os cerca de mil trabalhadores ligados ao Instituto Municipal de Estratégia de Saúde da Família (Imesf) decidiram cruzar os braços em protesto pela falta de reajuste. A categoria reivindica reposição salarial relativa aos últimos 24 meses, conforme inflação do período registrada no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).
Segundo o presidente do Sindicato do Enfermeiros do Rio Grande do Sul, Estêvão Finger, o contrato de gestão de 2017 prevê reajuste anual aos trabalhadores do Imesf, o que não foi concedido nos últimos dois anos. Representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Rio Grande do Sul e do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul também prometem aderir à paralisação.
Uma nova assembleia será realizada no dia 24. Se não houver avanços, a categoria votará a possibilidade de greve geral.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia