Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 11 de julho de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Patrimônio

Notícia da edição impressa de 11/07/2018. Alterada em 11/07 às 01h00min

Uber adota áreas verdes da orla do Guaíba

Manutenção inclui canteiros da avenida Beira-Rio e rótulas de trânsito

Manutenção inclui canteiros da avenida Beira-Rio e rótulas de trânsito


/MARIANA CARLESSO/JC

A Uber do Brasil Tecnologia Ltda. venceu a concorrência proposta pela prefeitura de Porto Alegre e irá assumir a conservação do Parque Urbano da Orla do Guaíba. A empresa de transporte por aplicativos foi a única a se interessar e a apresentar proposta. A abertura dos envelopes aconteceu na manhã de ontem, na sede da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams).

Na lista de obrigações da vencedora estão serviços de limpeza geral e de sanitários e vestiários, além de corte de grama, zeladoria e manutenção dos pisos e serviços de vigilância. Além do trecho 1 da revitalização - que vai da Usina do Gasômetro à Rótula das Cuias e recebeu da prefeitura o nome orla Moacyr Scliar -, a adoção abrange a praça Júlio Mesquita, os canteiros centrais da avenida Edvaldo Pereira Paiva (Beira-Rio) e rótulas de trânsito do entorno. O investimento estimado é de R$ 1 milhão durante 12 meses, prorrogáveis por igual período.

Como contrapartida, a Uber poderá instalar placas de sinalização visual com perfil institucional e sem exploração comercial. Os materiais terão de ser analisados e liberados pela Smams. A vencedora tem três dias para entregar a documentação exigida e 15 dias para apresentar o projeto de sinalização.

Segundo a Smams, há 50 adoções de praças e parques na cidade, que somam aportes de R$ 1 milhão por ano. "Essa nova adoção deve servir de aprimoramento aos conceitos até então utilizados", avaliou o titular da Smams, Maurício Fernandes. "A adoção do parque da orla simboliza um novo momento na relação da cidade com seu maior cartão-postal", resumiu, por sua vez, Fabio Plein, gerente-geral da Uber para a Região Sul.

De acordo com os representantes regionais da empresa, um dos objetivos da adoção é conectar a imagem da Uber a um espaço de uso comum da população, dando caráter mais permanente às campanhas pontuais que vinham sendo realizadas até o momento. Após entregar a documentação para a prefeitura, o próximo passo da adotante será desenhar os modelos de placas e outras sinalizações previstas na contrapartida.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia