Victória Paz

Site conta com mais de 12 mil cadastros e mostra grandes expectativas para o Estado

Plataforma oficial de permutas para empreendedores chega ao Rio Grande do Sul

Victória Paz

Site conta com mais de 12 mil cadastros e mostra grandes expectativas para o Estado

Fundada em 2014 por Rafael Barbosa, a XporY, plataforma brasileira de permutas multilaterais, estreou em novembro no Rio Grande do Sul. Criado com a intenção de promover a compra e a venda de produtos excedentes de empresas, o aplicativo de origem goiana desembarcou no Estado em parceria com o Sebrae. Iva Cardinal é sócia da Confraria do Batom, projeto de empoderamento feminino para mulheres empreendedoras, e está apresentando a novidade aos gaúchos. A empresária foi escolhida como representante devido ao conhecimento no mundo empreendedor e de redes afetivas. “Entendo que a permuta é uma troca antiga. Viemos de algo tradicional e chamávamos de escambo, porém a diferença atualmente é que era uma prática muito limitante, diferente do aplicativo”, explica.

Ops! Este conteúdo é exclusivo para assinantes...

Fundada em 2014 por Rafael Barbosa, a XporY, plataforma brasileira de permutas multilaterais, estreou em novembro no Rio Grande do Sul. Criado com a intenção de promover a compra e a venda de produtos excedentes de empresas, o aplicativo de origem goiana desembarcou no Estado em parceria com o Sebrae. Iva Cardinal é sócia da Confraria do Batom, projeto de empoderamento feminino para mulheres empreendedoras, e está apresentando a novidade aos gaúchos. A empresária foi escolhida como representante devido ao conhecimento no mundo empreendedor e de redes afetivas. “Entendo que a permuta é uma troca antiga. Viemos de algo tradicional e chamávamos de escambo, porém a diferença atualmente é que era uma prática muito limitante, diferente do aplicativo”, explica.
A plataforma conta com mais de 12 mil cadastros e mostra grandes expectativas para o Sul. “Por ser uma ideia inovadora, tivemos que exigir alguns cuidados sobre a plataforma e a segurança dos usuários. Houve um tempo de maturação e um trabalho de formiguinha para que chegássemos sem erros no Estado”, conta a empresária. A expectativa agora é chegar a 40 mil participantes em 2022.
De acordo com Iva, o Rio Grande do Sul foi visto como uma região promissora por ter um grande poder econômico e um PIB expressivo. “Entramos em contato com o Sebrae-RS porque eles são importantes para a divulgação e a assinatura da marca. Nossa expectativa é expandir ainda mais a partir da segunda quinzena de janeiro”, expõe.
XPORY/REPRODUÇÃO/JC
Para participar, é necessário realizar um cadastro de produto ou serviço no site XporY.com e transformar o valor da venda em X$, a moeda própria da plataforma que equivale ao real. Dentro do aplicativo, é possível comprar e vender o que estiver disponível, e a cada movimentação é gerado um crédito, sem prazo de validade, que possibilita a compra interna entre empresas cadastradas.
A adesão é gratuita e sem mensalidade, assim o empresário só desembolsa dinheiro quando realizada uma transação. “Optamos pela gratuidade para gerar incentivo por parte das empresas para que tenham interesse em nos conhecer. É legal porque é possível divulgar seu produto sem gastar nada. Solicitamos apenas uma comissão de 10% para a plataforma para que ela possa se manter. Contamos com o apoio dos gaúchos”, afirma.
Estão na plataforma desde a consultora de produtos de beleza até redes de hotéis, restaurantes, prestadores dos mais diversos serviços, empresas de turismo e eventos franquias e escolas. Há exemplos como de um empresário que queria ampliar sua loja e precisava contratar serviços de construção civil, um pai contador quer ofereceu seu trabalho em busca de créditos para a mensalidade da escola do filho e a dona de uma confecção infantil que precisava liberar seu estoque e de novos pontos de venda.
Victória Paz

Victória Paz - estagiária do GeraçãoE

Receba matérias deste autor
Victória Paz

Victória Paz - estagiária do GeraçãoE

Receba matérias deste autor

Deixe um comentário