Victória Paz

Equipamentos são opções para quem busca inovação sustentável, economia e praticidade

Busca por lareiras ecológicas aumenta devido as baixas temperaturas no Estado

Victória Paz

Equipamentos são opções para quem busca inovação sustentável, economia e praticidade

Nesta semana, diversas cidades do Brasil marcaram baixas temperaturas, chegando até a nevar em algumas regiões do extremo sul. Devido a esta atípica frente fria, muitas pessoas têm buscado formas de se esquentar dentro de casa, como a compra de cobertores, aparelhos de ar-condicionado e lareiras. Com esta frente fria de julho, as lareiras ecológicas viraram opção para quem busca inovação sustentável, economia e praticidade. Seu diferencial é que, para utilizá-las, não é necessário lenha, apenas álcool ou etanol, emitindo uma parcela mínima de gás carbônico.

Ops! Este conteúdo é exclusivo para assinantes...

Nesta semana, diversas cidades do Brasil marcaram baixas temperaturas, chegando até a nevar em algumas regiões do extremo sul. Devido a esta atípica frente fria, muitas pessoas têm buscado formas de se esquentar dentro de casa, como a compra de cobertores, aparelhos de ar-condicionado e lareiras. Com esta frente fria de julho, as lareiras ecológicas viraram opção para quem busca inovação sustentável, economia e praticidade. Seu diferencial é que, para utilizá-las, não é necessário lenha, apenas álcool ou etanol, emitindo uma parcela mínima de gás carbônico.
A Lareiras Ecosul é uma empresa fabricante de lareiras ecológicas que tem foco, segundo  a gerente comercial Daiana Cambri, na segurança e qualidade de seus produtos. Seus equipamentos podem ser utilizados tanto em ambientes externos quanto internos, desde que haja ventilação suficiente para a renovação do oxigênio do local. De acordo com Daiana, o estado de Santa Catarina foi o que mais fez pedidos pelo site devido às temperaturas negativas. “A procura foi bem alta, três vezes mais do que nos outros anos”, expõe a gerente.
ARQUIVO PESSOAL/REPRODUÇÃO/JC
Com 12 meses de garantia, as lareiras são entregues com manual de instruções. “É preciso comprar com procedência e cuidar de qual material é feito. Se não forem produzidas de aço inox 304, a lareira irá enferrujar e oxidar causando riscos de vazamento e explosão”, ressalta Daiana.
Com rodas para locomoção, as lareiras não produzem fumaça e fuligem. A gerente diz que seu material 100% aço inox garante máxima eficiência, bom gosto, segurança e conforto. Os preços dos produtos partem de R$ 600,00. Há, também, kit queimador e porta bebida, que são muito procurados. “O nosso carro-chefe é a lareira portátil e o modelo slim em aço preto que mede 100x30”, conta Daiana.
Para adquirir uma Lareira Ecosul, é necessário comparecer a loja localizada na rua Gravataí, nº 970, em Cachoeirinha, ou realizar pedidos pelo site (www.lareirasecosul.com.br) ou WhatsApp (51 9594-7508). Além de disponibilizar produtos a pronta entrega, a empresa produz modelos sob medida com orçamento prévio, também pelo site. Dependendo da cidade, a lareira é entregue em até 24h ou quatro dias úteis.
ARQUIVO PESSOAL/REPRODUÇÃO/JC
Victória Paz

Victória Paz - estagiária do GeraçãoE

Receba matérias deste autor
Victória Paz

Victória Paz - estagiária do GeraçãoE

Receba matérias deste autor

Deixe um comentário