Pâmela Maidana

O projeto foi lançado pela pedagoga Adriana Scherner

Cestas com livros infantis são lançadas para piquenique literário

Pâmela Maidana

O projeto foi lançado pela pedagoga Adriana Scherner

Livros, canetinha lavável, caneca, guloseimas e cartinha escrita à mão. Esses são alguns itens da Era Uma Vez... Cestas Literárias By Adriana Scherner. Adriana é pedagoga e a ideia de confeccionar as cestas surgiu em outubro de 2020. “Quando estava chegando o Dia das Crianças, fiquei pensando em alguns presentes que poderiam alegrar os pequenos. Queria sair do convencional, daqueles brinquedos que já existem no mercado. Além de pedagoga, sou contadora de histórias, então pensei em algo que pudesse agregar à infância e à literatura”, explica a empreendedora.

Ops! Este conteúdo é exclusivo para assinantes...

Livros, canetinha lavável, caneca, guloseimas e cartinha escrita à mão. Esses são alguns itens da Era Uma Vez... Cestas Literárias By Adriana Scherner. Adriana é pedagoga e a ideia de confeccionar as cestas surgiu em outubro de 2020. “Quando estava chegando o Dia das Crianças, fiquei pensando em alguns presentes que poderiam alegrar os pequenos. Queria sair do convencional, daqueles brinquedos que já existem no mercado. Além de pedagoga, sou contadora de histórias, então pensei em algo que pudesse agregar à infância e à literatura”, explica a empreendedora.
Adriana, que antes da pandemia trabalhava com formação de professores na área de Literatura para escolas infantis, pensou na primeira cesta com o tema da Chapeuzinho Vermelho. “A ideia é que seja um piquenique literário, e a personagem já tem uma cesta. A partir disso, fui pensando nos itens que eu gostaria que estivessem na cesta, mas eu sabia que o ponto chave seriam os livros. As últimas coisas que eu ia pensar iam ser as guloseimas. A Era uma Vez é baseada nas cestas de café da manhã, porém é para crianças que curtem livros e atividades lúdicas." A caneca, além de não quebrar, vem com um desenho que a criança pode pintar com as canetinhas. E como são laváveis, pode ser pintada diversas vezes.
Para as futuras cestas, Adriana pensa em lançar em datas temáticas, como o Dia Nacional da Literatura Infantil, que acontece no dia 18 de abril em homenagem a Monteiro Lobato. “Em comemoração ao autor, penso em livros dos personagens do Sítio do Pica Pau Amarelo. No dia do Índio, também quero trazer personagens, assim como o da Consciência Negra, Festa Junina e Natal. A da Chapeuzinho ainda é a minha primeira cesta, mas as ideias estão a mil”, diz Adriana. As cestas são entregues em Porto Alegre e nas cidades vizinhas, e custam em média R$ 155,00. As encomendadas podem ser feitas diretamente com Adriana pelo telefone (51) 99892-9549.
Como pedagoga, Adriana acredita que a escola e os pais têm que andar de mãos dadas com a educação das crianças. “A minha proposta é que a cesta seja um presente diferente para os pequenos. Tento me colocar sempre no lugar da criança, pensando o que eu ia querer ganhar numa cesta se fosse ela. No momento que tu propões que seja um piquenique literário, se torna uma atividade de leitura familiar. Quando os pais vem falar comigo, conversamos, então não é só uma venda. Estou sempre aberta para esses diálogos.”
Pâmela Maidana

Pâmela Maidana - repórter do GeraçãoE

Receba matérias deste autor
Pâmela Maidana

Pâmela Maidana - repórter do GeraçãoE

Receba matérias deste autor

Deixe um comentário