Mesmo quem estava satisfeito com o caminho percorrido até então, teve seus planos transformados pela pandemia

É sempre tempo de recomeçar


Mesmo quem estava satisfeito com o caminho percorrido até então, teve seus planos transformados pela pandemia

O mês de janeiro é marcado pelo sentimento de recomeço. O primeiro mês do ano traz consigo o desejo de reavaliar, de olhar a trajetória e de mudar rotas. No ano que passou, no entanto, mesmo quem estava satisfeito com o caminho percorrido até ali, teve os planos transformados pela pandemia.

Ops! Este conteúdo é exclusivo para assinantes...

O mês de janeiro é marcado pelo sentimento de recomeço. O primeiro mês do ano traz consigo o desejo de reavaliar, de olhar a trajetória e de mudar rotas. No ano que passou, no entanto, mesmo quem estava satisfeito com o caminho percorrido até ali, teve os planos transformados pela pandemia.
Algumas pessoas deixaram seus projetos para trás. Outras encontraram o momento ideal para tirar suas ideias do papel. Na página central desta edição, contamos três histórias de empreendedores que, justamente em meio à pandemia, apontaram a bússola para um mesmo norte: a paixão pelo café. Estilo casa de avó, proposta com foco na tecnologia ou aposta no amor pelo mundo. Três cafeterias que estão com as portas abertas há pouco tempo na Capital. 
As histórias, apesar de diferentes, despertam um sentimento comum. Não precisamos de uma mudança no calendário para olharmos para a nossa trajetória e caminharmos em direção ao que desejamos. A atmosfera de janeiro, cheia de reflexão, de entusiasmo pelo novo e de crença no nosso próprio potencial, deve estar presente o ano inteiro. É sempre tempo de recomeçar e tirar o sonho da gaveta. #bora

Deixe um comentário