Primeiro evento para empreendedores ocorre em março

Contadora de Porto Alegre desenvolve projeto de orientação gratuita para startups e dá dicas


Primeiro evento para empreendedores ocorre em março

Para auxiliar startups nos âmbitos jurídico, contábil e tributário, a contadora Cláudia Laranja Marranguello, da L&M Peritos Contábeis, desenvolveu um projeto de orientação gratuita em coworkings e incubadoras.

Ops! Este conteúdo é exclusivo para assinantes...

Para auxiliar startups nos âmbitos jurídico, contábil e tributário, a contadora Cláudia Laranja Marranguello, da L&M Peritos Contábeis, desenvolveu um projeto de orientação gratuita em coworkings e incubadoras.
Segundo Cláudia, a assessoria funciona em um modelo plural, buscando profissionais de diferentes áreas para que esses negócios atuem em compliance desde o princípio.
Para marcar o início da empreitada, o primeiro evento está marcado para o dia 5 de março, às 18h30min, no SZ Working (na rua dos Andradas, nº 860, em Porto Alegre), com entrada gratuita para empreendedores. "Nosso objetivo é contribuir para que essas empresas se desenvolvam e possam ter sucesso no futuro", diz. Confira cinco dicas que a contadora adianta para quem está criando uma startup:
1. Registre incentivos e investimentos: o capital de uma startup pode vir de diferentes fontes, como investidores-anjo, investimento coletivo (crowdfunding), venture capital, entre outros. É importante manter o controle de todo capital injetado na empresa.
2. Tenha controle financeiro: tenha um bom processamento de custos e receitas e busque assessoria confiável nesta área.
3. Contabilize até os menores gastos: o dia a dia de uma startup é muito dinâmico, então, estabeleça rotinas e faça o registro de tudo que precisa ser contabilizado, até aquela despesa que parece insignificante.
4. Separe os gastos pessoais: é uma dica que se dá a todo empresário, mas é especialmente importante no caso de uma startup, pois interfere nos relatórios financeiros e pode inviabilizar a sustentabilidade e o crescimento do negócio.
5. Procure uma assessoria na área jurídica e contábil: para apoiá-lo no pagamento de tributos, contratação de funcionários e fornecedores, contratos com clientes e todo tipo de parceria. Com um assessoramento adequado, muitos problemas podem ser evitados no futuro.
 

Deixe um comentário