Tiago Santos
Tiago Santos

Quatro motivos para continuar trabalhando de casa

Tiago Santos

Quatro motivos para continuar trabalhando de casa

Tiago Santos

A quarentena fez com que o trabalho remoto fosse imposto por empresas que nunca sequer tiveram tempo de implementar essa experiência gradualmente na rotina de seus colaboradores. Dessa forma, quando o home office deixou de ser uma questão de escolha, a primeira reação das pessoas que de repente tiveram que "abandonar" o escritório foi a negação. Negação, raiva, barganha, depressão e aceitação são reações normais e esperadas em processos de mudança. Quem concluiu isso, em 1969, foi a psiquiatra Elisabeth Kübler-Ross, quando estudou os comportamentos emocionais de pacientes com doenças terminais que passavam pelo luto devido a uma morte, denominando esse processo de "Curva de Mudanças". Mais tarde, a psicologia descobriu que o modelo Kubler-Ross também é verdadeiro quando se trata de negócios, trabalho ou emprego. Essas reações acontecem com todos nós a qualquer nova aprendizagem ou mudança em nossas vidas.
Quando fundei a Husky, eu e meus sócios tínhamos uma única certeza: seria uma empresa 100% remota e os funcionários poderiam trabalhar de qualquer lugar do mundo. Pensando nisso, e porque acredito verdadeiramente na cultura do trabalho remoto, aponto quatro motivos para continuar trabalhando em casa.
Quem faz o seu horário é você, mas os resultados também. Isso requer muita disciplina, porém é recompensador. O trabalho é assíncrono. Por exemplo, se quiser marcar uma praia com amigos em plena terça-feira de manhã, voltar às 13h e compensar em qualquer outro horário que for bom para você, está tudo bem - contanto que a entrega dos resultados seja a mesma. Isso significa ser dono do seu próprio tempo e viver sem ficar sempre esperando o final de semana para ser feliz. Quem tem filhos pode aproveitar de uma grande flexibilidade para curtir a família e acompanhar a melhor fase das crianças.
Dá para usar o tempo que antes você gastava escolhendo roupas ou indo e voltando do escritório para colocar um projeto pessoal em prática. O CTO da Husky, Mauricio Carvalho, resolveu investir essas horas na saúde. "Em 2019, por exemplo, eu perdi 12 kg e consegui ter um rotina similar à de um atleta amador".
Se conseguir organizar e definir horários regrados com a sua equipe, cada um do time pode fazer o que for melhor, acordar cedo ou dormir até o meio dia. Trabalhar remotamente de outro país ou passar um tempo com aqueles que amamos. Você é quem conhece as suas necessidades e qual melhor caminho seguir. A menos que a empresa que você trabalhe esteja tentando replicar as regras do escritório no trabalho remoto, querendo controlar demais os horários - o que acredito ser desestimulante ao funcionário, que precisa que você confie nele.
Tiago Santos
Tiago Santos

Deixe um comentário