Guylherme Ribeiro é o fundador da Suporte Smart, do Paraná Guylherme Ribeiro é o fundador da Suporte Smart Foto: Leticia Budziak/Reprodução/JC

Serviço delivery de reparo de smartphones chega ao Rio Grande do Sul

Operação começou por São Leopoldo, mas a rede já tinha lojas físicas em Santa Maria e Novo Hamburgo

Os gaúchos ganham um reforço na comodidade de receber serviços em casa: a Suporte Smart, rede de franquias especializada em reparos a smartphones por delivery, chega ao Rio Grande do Sul com sua primeira unidade nesse sistema, na cidade de São Leopoldo. A rede já tinha lojas físicas em Santa Maria e Novo Hamburgo.
Com mais de 250 unidades espalhadas por todo País, a rede chama a atenção não só pela prestação, mas também pelo valor de aquisição das franquias, que é de R$ 5 mil. Guylherme Ribeiro, o fundador da empresa, explica que a ideia surgiu por necessidades pessoais e de mercado. “Foram processos na minha vida. Tive uma loja mais de bairro e ela chegou a ter quatro unidades, mas uma onda de violência no ano de 2014 me forçou a mudar a proposta. Foquei no público A/B e em bairros mais nobres e o feedback foi positivo do meu público. Mas as ideias não podem parar, eu preciso ‘me quebrar’ antes que alguém faça isso.”
“O público, muitas vezes, é perdido no ‘depois eu volto pra fazer’, ‘ preciso falar com a minha esposa e depois vejo’. Encontrei uma maneira de buscar uma brecha na rotina do cliente, fazer ele entender que não precisa de muito esforço”, complementa Guylherme.
O serviço da Suporte Smart foi projetado para atender, segundo Guylherme, em qualquer lugar. “Nós temos técnicos que são altamente capacitados e chegam totalmente uniformizados, que levam consigo uma completa maleta de trabalho. Queremos passar a credibilidade para o nosso cliente. Que ele possa se sentir à vontade para receber o atendimento em sua casa. Mas se for da preferência não ser na casa do solicitante, podemos marcar em outro lugar. No trabalho, no shopping, em um coworking. Qualquer lugar que tenha uma mesa e um espaço para o profissional realizar o reparo.”
Serviços mais complexos, no entanto, não são realizados neste modelo express. “Mais de 85% das solicitações são trocas de tela. O profissional faz na sua frente o serviço, você pode acompanhar tudo. Há outros serviços que podem ser feitos na hora também, depende da complexidade. Pelo nosso site ou pelas nossas redes o cliente pode explicar o ocorrido e entender qual processo deve ser tomado.”
Guylherme cita que são muitos pedidos de franqueamento e que logo haverá mais franquias pelo Estado. “São mais de 1,5 mil solicitações. Temos que avaliar cada caso, precisamos fazer uma curadoria. Mas queremos dobrar nosso número atual até o final do ano, então é possível que se espalhe mais ainda."
Outra forma de serviço oferecido pela empresa é que o técnico leva consigo acessórios como cabos e películas que podem ser adquiridas junto ao conserto.
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Mostre seu Negócio