Vanelise Chaves Ferreira e Leonardo Maia sócios da pizzaria artesanal O Artesão Vanelise Chaves Ferreira e Leonardo Maia sócios da pizzaria artesanal O Artesão Foto: /Juliana Borgmann/Divulgação/JC

Pizzas inspiradas na alta gastronomia

Loja de delivery O Artesão tem o objetivo de trazer uma experiência gastronômica diferenciada e exclusiva

A paixão pelo mundo da gastronomia, a vontade de investir em um pequeno negócio e a decisão de sair da rotina foram o que motivou Vanelise Chaves Ferreira, 38 anos, e Leonardo Maia, 40, a criar O Artesão, loja de pizzas artesanais em Canoas. Ele trabalhava como advogado e procurador, e ela, como maquiadora de grande empresa do setor de beleza. No início, a única certeza era a gastronomia. No entanto, eles precisavam decidir qual seria o modelo de negócio e qual o tipo de comida seria servido. Em uma viagem pelo Brasil, Uruguai, Argentina e Peru, descobriram que seria loja de delivery.
O estabelecimento, que funciona desde 2015, contou com um investimento inicial de
R$ 200 mil. Para Leonardo, é preciso desenvolver o negócio antes de investir muito alto. "Não é só o investimento que conta, é necessário muita dedicação", explica. Vane, como é conhecida, lembra que no início chegaram a trabalhar quase 20 horas em alguns dias.
Além disso, foi preciso educar o público sobre o funcionamento da loja. "Você escolhe sua pizza e assa em casa. Assim, ela fica fresca e muito mais saborosa", explica Vane. O Artesão possui um cardápio rotativo, que muda diariamente, com mais de 10 sabores artesanais. A loja funciona de terça-feira a domingo, das 17h30 às 21h30.
Vane conta que, de início, foi um desafio, pois precisaram repensar totalmente a ideia de como as pessoas consomem pizza. "Eu e meu marido dificilmente pedíamos pizza porque não gostávamos do jeito que ela chegava", explica, referindo-se ao aspecto nem sempre ideal do produto após o transporte - mistura de ingredientes e temperatura fria, entre outros problemas. Por isso, a ideia de criar uma loja que vende pizzas pré-assadas frescas. Leonardo, apaixonado por culinária e autodidata na área, começou então a buscar formas para desenvolver receitas trazendo a alta gastronomia para um produto simples - a pizza. As receitas criadas por ele foram inspiradas em grandes chefs, como o peruano Virgilio Martínez e a brasileira Helena Rizzo. "Nós desenvolvemos uma massa de fermentação lenta, de 16 horas, e enriquecida com azeite de oliva e 10% de farinha integral. Esse processo garante uma massa fininha, crocante e extremamente leve. Já para as pizzas doces, a massa também é diferenciada. Desenvolvida especialmente para elas, essa massa é rica em especiarias, extremamente perfumada, leve e crocante."
Hoje, além do casal, a loja conta com mais duas auxiliares de cozinha. Orgulhosos, Leonardo e Vane recordam do quanto a loja cresceu. "No primeiro mês, vendemos cerca de 100 pizzas salgadas. Agora, dois anos depois, vendemos em média 1.200 salgadas e cerca de 200 doces", comemora Vane. Para o futuro, o casal quer abrir franquias da loja em Porto Alegre. "Estamos com planos para a ampliação, mas não queremos mudar o modelo de negócio", explica Leonardo.
 
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Mostre seu Negócio