Na  MiniMim, acessórios e roupas chamam a atenção dos pequenos Na MiniMim, acessórios e roupas chamam a atenção dos pequenos Foto: CLAITON DORNELLES /JC

Cinco negócios de mãe para mãe

O Dia das Mães é neste domingo e, para homenagear as mães, separamos histórias de mulheres que uniram maternidade e empreendedorismo

Neste Dia das Mães, contamos histórias de mulheres que enxergaram na maternidade uma oportunidade de empreender e criar rede de apoio com outras mães. Mas elas não foram as primeiras mães empreendedoras que passaram pelo GE. Para celebrar a data, relembramos algumas mulher que contaram suas histórias profissionais e maternidade. 
1 - Amamentar sem perder o estilo
ROBSON HERMES/ JC
O período da amamentação nem sempre é fácil. Além das dificuldades que podem surgir nesse momento, as mães encontram percalços para encontrar roupas que sejam confortáveis e que permitam, de maneira simples, que elas amamentem os seus filhos. Foi pensando nisso que Silvana Piccinini Loss e Luciana Dalfollo Ferreira Termignoni criaram a Love Milk, marca especializada em roupas para amamentação. Além da linha para o dia a dia, as empreendedoras apostaram também em um segmento de roupas de festa. Para conhecer mais do trabalho da Love Milk, confere a matéria que fizemos com elas. 
2 - Uma mãe levanta a outra 
CLAITON DORNELLES /JC
"Acreditamos naquela frase de que para criar uma criança é preciso uma aldeia. Então, a gente precisa de muitas mãos dadas e muito apoio", destaca Carolina Cozzatti, sócia junto com Juliana Nogueira do Manas Espaço Coletivo. A loja, que fica na Avenida 24 de Outubro, nº 1681, reúne o trabalho de mais de 30 empreendedoras, todas mulheres e, em grande maioria, mães. Além do espaço para comercialização do produtos, o Manas também tem salas para atendimento e reuniões e um mezanino onde acontecem palestras e rodas de conversa. "Tem muitos lugares parecidos com o nosso, mas voltados somente para a criança. Aqui, a atenção é voltada para a mãe, para a mulher", explica Carolina. Leia a matéria completa. 
3 - Em coração de mãe, sempre cabe mais um 
MARCELO G. RIBEIRO/JC
 Ser mãe é um desafio. Ser mãe de gêmeos ou múltiplos é uma aventura maior ainda. E nada melhor que, em momentos de apuros, contar com ajuda de mulheres que já passaram pelas mesmas situações. Foi pensando nisso que Thaís Reali, Vanessa Rocha e Elisa Scheibe Marty criaram a plataforma Me Two. O site foi lançado em abril de 2018 com o intuito de fornecer informações especializadas no assunto e ser um espaço de acolhimento e compartilhamento de experiências entre pais. Em 2019, o Me Two promoveu o primeiro Workshop nacional sobre gêmeos e múltiplos. Mais de 200 participantes de todo País foram até Gramado, na Serra Gaúcha, para discutir o tema. Para conhecer mais essa história, acessa a matéria completa.
4 - Universo infantil como tema de negócio
CLAITON DORNELLES /JC
Muitas mães optam pelo caminho do empreendedorismo depois do nascimento dos filhos. A história de Cândice Eckert não foi diferente. Quando a filha Isadora, de 9 anos, nasceu, Cândice percebeu que as roupas disponíveis nas lojas eram pouco criativas. Foi então que ela decidiu criar a MiniMim, marca de roupas infantis. "Eu queria trazer esse lúdico, mais vibrante. A cor preta, por exemplo, é a que tu menos vai encontrar aqui", conta. Saiba mais sobre a marca. 
5 - Aceleradora de negócios para mães
OVEREXPOSED/DIVULGAÇÃO/JC
O desejo de impulsionar o negócio de outras mães fez Daniele Junco criar a B2Mamy, aceleradora voltada apenas para negócios criados por mães. A ideia da startup nasceu junto com o filho Lucas e, através de mentorias e eventos, ajuda as mães a otimizarem o seu tempo.  "Como a agenda é muito complexa, mães precisam ser muito assertivas e produtivas naquilo que fazem. Para isso, temos métodos rápidos de aceleração, validação e crescimento", explica. Leia a matéria completa para entender o projeto. 
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Mostre seu Negócio