Sobre fazer parte do mercado

A reportagem de capa desta edição mostra, entre tantas lições, como a imersão em um determinado assunto é transformadora. Encontramos histórias de mulheres que circulavam tanto pelo universo infantil que enxergaram brechas para empreender.

E esse exercício vale para qualquer segmento. Quanto mais a gente se aprofunda em determinado assunto, mais vê possibilidades. Por isso a importância de se identificar com o que permeia o negócio.

Pessoas que não são da mesma área de interesse que você enxergam as coisas de forma generalista, sem profundidade. O diferencial dos empreendedores que se encontram no tema que desejam desbravar é o conhecimento - que acaba até virando técnico em determinado momento.

Esse deveria, inclusive, ser requisito básico para todo mundo que abre uma empresa. Não há nada pior que usar um serviço ou comprar um produto de alguém que sabe menos que o cliente. E como isso acontece, não é mesmo?

Se você pensa em virar o próprio chefe e ainda não sabe em qual ramo atuar, fica a dica: pense o que você faz no seu dia ou nas suas horas de folga. A resposta está bem ali.

O que te faz feliz pode, sim, ser o seu trabalho e, consequentemente, o seu sustento. Até a semana que vem. #inspiração

Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Mostre seu Negócio