Entrevista para o GeraçãoE sobre a plataforma Freeda,que opera em defesa do empoderamento de mulheres e da população LGBT na luta contra sexismo e bi-homo-lesbo-transfobia.     na foto: Gabriel Galli e Guilherme Gomes Ferreira  Negócios que lutam por direitos, empoderam ou pensados para os LGBTI Foto: JONATHAN HECKLER/JC

Lista: 10 negócios liderados por LGBTIs em Porto Alegre

Negócios são pensados para empoderar, dar visibilidade e protagonismo a esse público

A luta por direitos e visibilidade reuniu cerca de 50 mil pessoas no Parque Farroupilha neste domingo, 1º de julho. A Parada de Luta de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e Intersexuais (LGBTI) comemorou o Dia do Orgulho LGBTI, celebrado no dia 28 de junho, que marca a data da rebelião que aconteceu em 1969, na qual gays, lésbicas e transexuais se revoltaram contra os abusos cometidos pela polícia no bar Stonewall Inn, nos Estados Unidos. Para celebrar esse marco tão importante na luta pela igualdade, o GE separou uma lista de negócios criados por empreendedores LGBTI que já protagonizaram nossas matérias. Confira:
» Quer receber notícias do GeraçãoE no seu WhatsApp? Clique aqui.
Freeda é um aplicativo criado em 2014 que mapeia e avalia estabelecimentos com relação ao tratamento à população LGBT. À frente do negócio estão o jornalista Gabriel Galli, ao lado do assistente social Guilherme Gomes Ferreira, a desenvolvedora Barbara Arena e a advogada Patrícia Becker.
JONATHAN HECKLER/JC
Michelle de Lara Ferraz e Fernanda Nascimento, da Cervejaria Macuco, começaram vendendo cervejas artesanais em feiras e com um tuk-tuk itinerante. Há alguns meses, no entanto, escolheram o Centro Histórico como endereço fixo para a marca, com a Sede Macuco, que fica na rua General Auto, nº 267. No coração da camada residencial do Centro.
LUIZA PRADO/JC
Moradoras do bairro Centro Histórico, as proprietárias Viviane Ruskowski, 32 anos, advogada, e a esposa, Bianca Bolzani, 35, pós-graduada em Marketing, oferecem um lugar intimista, longe do grande fluxo de pessoas, característica observada na Austrália, onde residiram por dois anos. Localizado na rua General Lima e Silva, nº 119, o Butcher Burger possui cozinha aberta e equipe de seis funcionários.
CLAITON DORNELLES /JC
Gabriel Ribeiro, 24 anos, é professor de dança e ritmos e drag queen. Seu principal estilo de dança é o stiletto - utilizado pelas grandes divas pop, como Beyoncé, que mistura passos de hip-hop sobre o salto alto -, que tem ganhado espaço nas academias.
FREDY VIEIRA/JC
Tiago Schmitz, 35 anos, proprietário do Charlie Brownie, que tem duas unidades na Capital, luta, através do seu negócio, por uma causa que também é sua: a LGBT+. A marca, criada em 2014, iniciou vendendo brownies pela internet e ganhou sua primeira unidade física no ano seguinte.
FREDY VIEIRA/JC
Rodrigo Krás Borges e Gabriel Dreher Bittencourt são proprietários do Workroom, primeiro drag bar do País. Antes da ideia do bar, planejava montar uma cafeteria. A sacada inédita de montar um estabelecimento inspirado no seriado RuPaul's Drag Race surgiu em uma conversa de bar e, ao compartilhar a ideia com Gabriel, decidiram o futuro da sociedade.
MARCO QUINTANA/JC
Éderson Lopes e o companheiro André Günther transformaram o e-commerce de livros em uma livraria de bairro. A loja dos dois, que permanece na atividade online, encontrou casa no número 370 da rua Cel. Fernando Machado, no Centro Histórico. 
MARCELO G. RIBEIRO/JC
Luis Silveira e Eduardo Geraldes são casados e juntos criaram a Pink Velvet Bakery, uma das confeitarias queridinhas de Porto Alegre, instalada na avenida Venâncio Aires, nº 757. Donuts e até um hambúrguer de chocolate com Nutella fazem sucesso entre o público. Desde o começo, a dupla garante que tudo funcionou bem em termos de afinidade para decisões.
MARCELO G. RIBEIRO/JC
O consultor gaúcho Filipe Roloff ocupa um cargo de nome curioso. Ele é "gerente de sucesso do cliente" da SAP Labs Latin America, multinacional de tecnologia com sede em São Leopoldo. Atualmente, lidera o Pride@SAP, grupo que discute diversidade e inclusão dentro da empresa. Através do trabalho que desenvolve, galgou reconhecimento internacional e, em 2017, foi escolhido como um dos 50 futuros líderes LGBTs mais influentes do mundo.
SAP/DIVULGAÇÃO/JC
Situado na rua General João Telles, 531, em Porto Alegre, o Josephyna's já é um point do bairro. O espaço é a realização de um sonho antigo dos proprietários João Henrique Silva Martins e Arthur dos Reis. Eles juntaram as experiências que viveram morando fora do Brasil - João na Austrália e Arthur nos Estados Unidos -, e adaptaram ao estilo daqui, uma demanda que, para eles, também era antiga. ”A gente fez um espaço que era o que faltava pra nós. Pensamos em fazer uma coisa que a gente gostasse”, contam.
FREDY VIEIRA/JC
Compartilhe
Comentários ( 1 )
  1. Paulo Alves de Souza

    Imobiliria Republicare, na Rua da Repblica! Pessoal todo amistoso para o pblico da diversidade! Com honestidade e qualidade

Publicidade
Mostre seu Negócio