Sobre o Autor
Vereador de Porto Alegre, Felipe Camozzato Foto: /ARQUIVO PESSOAL/DIVULGAÇÃO/JC

Felipe Camozzato

Vereador pelo Novo em Porto Alegre

POA 2020 - O futuro do empreendedorismo em Porto Alegre

Em 2016, Porto Alegre elegeu novos vereadores e um novo prefeito. Na ocasião, além de uma situação fiscal bastante deteriorada, nossa Capital ocupava o sétimo lugar no Índice Cidades Empreendedoras da ONG Endeavor, que mede a facilidade de abrir e desenvolver uma empresa. Passados pouco mais de dois anos, a situação fiscal segue problemática, e, relativamente ao cenário para o empreendedor, não parece ter havido grandes alterações.
Em 2017, Porto Alegre foi para a 15ª posição no índice, e, em 2018, o ranking ainda não foi divulgado.
Para além dos dados quantitativos, é preciso agregar uma análise qualitativa: a Sala do Empreendedor amadureceu e se encaminha para uma integração física com a Junta Comercial do RS e demais órgãos municipais que com ela se relacionam. Os licenciamentos têm sido uma preocupação da gestão Marchezan - especialmente as extremamente lentas licenças ambientais. Ao lado disso, vislumbram-se novos investimentos para a cidade, desatam-se nós antigos, como o Cais do Porto, e constrói-se um pacto entre instituições de ensino, empresas e poder público - o Pacto Alegre da Aliança Para Inovação. Tudo isso é muito relevante, pois, uma vez que o controle das despesas da prefeitura - com os ajustes e reformas necessários - encontra resistência política, o tema do empreendedorismo e da desburocratização passa a ser a agenda mais relevante para a potencialização de receitas sem aumento de impostos.
É justamente essa reflexão que o evento POA 2020 - O futuro do empreendedorismo em Porto Alegre, realizado no dia 27 de novembro, na Câmara Municipal, buscou trazer. Nossa cidade não pode depender exclusivamente das reformas advindas da política. A agenda do empreendedorismo é central e determinante para que voltemos a ter uma Porto Alegre vibrante e encontremos caminhos para nos tornarmos uma cidade mais rica, desenvolvida e que entregue mais qualidade de vida para as pessoas. Para isso, porém, é preciso trabalhar para nos tornarmos a capital do empreendedorismo no Brasil. É o que esperamos para 2020!
Compartilhe
Artigos relacionados
Comentários ( )
Deixe um comentário

Publicidade
Mostre seu Negócio