Porto Alegre, quarta-feira, 09 de dezembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 09 de dezembro de 2020.

Galeria de imagens

Estádio Parc des Princes exibe faixa de protesto após episódio racismo

Os funcionários do estádio Parc des Princes, em Paris, colocaram uma grande faixa com a frase "No to racism" ("não ao racismo", em português) em uma arquibancada vazia antes da partida de futebol entre Paris Saint-Germain e Istanbul Basaksehir FK, pela Liga dos Campeões da UEFA, nesta quarta-feira (9). A faixa foi estendida em apoio à decisão dos jogadores dos dois times, que deixaram o gramado do estádio após mais um episódio de racismo no futebol. O quarto árbitro romeno Sebastian Colescu fez uma ofensa ao camaronês Pierre Webó, ex-atacante e membro da comissão técnica da equipe turca no jogo que seria disputado nessa terça. Além da faixa na arquibancada, jogadores como o brasileiro Neymar usaram camisas com mensagem contra o racismo no aquecimento antes do jogo remarcado para esta quarta.
 

FOTO FRANCK FIFE / AFP/ JC
09/12/2020 - 18h00min