Porto Alegre, quinta-feira, 15 de outubro de 2020.
Dia do Professor.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 15 de outubro de 2020.

Galeria de imagens

Renner instala máquinas fora de lojas para vender produtos

A Renner, maior varejista de moda do Brasil e com operações também no Uruguai e na Argentina, resolveu aderir a um meio físico que se espalhou em economias como a dos Estados Unidos e agora pode ser vista em locais como estações de metrô com produtos da bandeira. A primeira vending machine, como são chamadas as máquinas de venda de produtos, da rede estreou em São Paulo, próximo ao embarque da estação São Bento. Na máquina, é possível comprar camisetas básicas femininas e masculinas, máscaras de tecido, frascos de álcool em gel e acessórios como lenços para pescoço. O consumidor seleciona o item que quer levar e  paga com cartão de crédito ou débito. Em nota, a varejista diz que a decisão e projeto saíram em um mês e meio. A meta é colocar a máquina em mais pontos de metrô e em áreas de conveniência em aeroportos, universidades, academias e shopping centers onde a marca ainda não está presente.
 

FOTO RENNER/DIVULGAÇÃO/JC
15/10/2020 - 12h58min