Porto Alegre, quarta-feira, 14 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 14 de outubro de 2020.

Galeria de imagens

Neymar ultrapassa Ronaldo e se torna segundo maior artilheiro da seleção brasileira

Atrás apenas do Rei Pelé. Essa é a marca que Neymar passou a ostentar na lista de maiores artilheiros da seleção brasileira, após marcar três vezes na vitória por 4 a 2 contra o Peru, pela segunda rodada das Eliminatórias Sul-Americanas. Com o hat-trick do camisa 10 (três gols em uma partida), seu 19º na carreira, o atacante do Paris Saint-Germain ultrapassou o penta Ronaldo Fenômeno. Neymar chegou a 64 gols, contra 62 do Fenômeno. Na comemoração do seu primeiro gol de pênalti, Neymar homenageou Ronaldo, fazendo o número 9 com as mãos (foto). O primeiro na lista é Pelé, tricampeão mundial, com 77 gols. Os números atingidos pelo craque brasileiro no atual ciclo da seleção vão ao encontro dos critérios da Fifa, que contabiliza apenas partidas oficiais entre seleções. Já a CBF também valida jogos contra clubes e combinados, e nessa lista, Neymar ainda estaria atrás de Pelé, Ronaldo e Zico.
 

FOTO Lucas Figueiredo/CBF/JC
14/10/2020 - 12h30min