Porto Alegre, sexta-feira, 20 de março de 2020.
Início do Outono.

Jornal do Comércio

Porto Alegre, sexta-feira, 20 de março de 2020.

Galeria de imagens

Por Covid-19, Senado brasileiro faz primeira sessão remota da história

O parlamento brasileiro foi o primeiro do mundo a fazer uma sessão remota nesta sexta-feira (20). Nela, 75 dos 81 senadores participaram e aprovaram, sem alteração e por unanimidade, o projeto de decreto legislativo que reconhece o estado de calamidade pública no País em razão do avanço do coronavírus. A medida foi tomada para evitar a proliferação da doença dentro do Congresso, que já conta com casos positivos. Todas as reuniões presenciais do Senado já haviam sido canceladas desde a semana passada. Um dos casos confirmados é o do senador Prisco Bezerra (PDT-CE), diagnosticado na última quinta-feira (19) com covid-19. Ele, que participou da votação remota, foi o terceiro parlamentar a ter resultado positivo na contraprova do novo coronavírus. O presidente da casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e o senador Nelsinho Trad (PSD-MS) também estão com a doença, mas não participaram da sessão. Trad está hospitalizado.
 

FOTO JANE DE ARAÚJO/AGÊNCIA SENADO/FOTOS PÚBLICAS/DIVULGAÇÃO/JC