Porto Alegre, quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020.
Dia do Esportista.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Greve dos petroleiros completa 18 dias e impasse na justiça segue

Maior greve realizada pelos petroleiros desde 1995, a paralisação que dura 18 dias teve nessa terça-feira (18) mais um capítulo. Em frente ao prédio da Petrobras, no Rio de Janeiro (foto), a categoria se mobilizou para protestar contra a estatal, que possui aval da justiça para aplicar medidas disciplinares contra os grevistas. Na segunda-feira à noite, o Tribunal Superior do Trabalho (TST), através do despacho do ministro Ives Gandra, considerou a paralisação ilegal. Como resposta, a Federação Única dos Petroleiros (FUP) entrou com recurso. Ao todo, 21 mil trabalhadores estão mobilizados em 121 unidades do Sistema Petrobras. No Rio Grande do Sul, dos cerca de 700 funcionários próprios da refinaria Alberto Pasqualini (Refap), de Canoas, em torno de 70% aderiram à paralisação, o que pode afetar o abastecimento de combustíveis no Estado. 
 

FOTO Fup/ Divulgação/ JC