Porto Alegre, segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020.
Dia do Atleta Profissional.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

'Democracia em Vertigem' não leva Oscar, mas elenco marca presença

Mesmo não conquistando o prêmio na categoria de Melhor documentário no Oscar 2020, a equipe de Democracia em Vertigem marcou presença na maior noite do cinema. A cineasta Petra Costa (centro, de vermelho), a líder indígena Sônia Guajajara e outros integrantes da produção aproveitaram a passagem pelo tapete vermelho para fazer um protesto coletivo. O elenco segurou placas para se posicionar contra as queimadas constantes na Amazônia, a invasão de terras indígenas e em defesa da democracia. Petra também incluiu o vestuário na manifestação: a escolha da cor do vestido foi uma homenagem à Marielle Franco, vereadora assassinada em março de 2018. A equipe incluiu no protesto cartazes contando os dias desde o crime, que totalizaram 697 no dia da premiação. Petra Costa foi a única mulher brasileira indicada ao Oscar. O grande vencedor da noite foi o longa coreano Parasita, do diretor Bong Joon-ho, que levou o prêmio em quatro grandes categorias, incluindo Melhor filme.
 

FOTO TWITTER/REPRODUÇÃO/JC
10/02/2020 - 17h23min