Porto Alegre, terça-feira, 10 de setembro de 2019.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Mick Jagger critica Jair Bolsonaro no Festival de Cinema de Veneza

No sábado (7), o vocalista dos Rolling Stones, Mick Jagger, durante o Festival de Cinema de Veneza, criticou os presidentes Jair Bolsonaro e Donald Trump por discordar da falta de política sobre o meio ambiente. “Estou com os jovens que protestam contra as mudanças climáticas”, afirmou o músico em uma entrevista coletiva para apresentar o filme fora da competição The burnt Orange heresy (A heresia da laranja queimada, em tradução livre), dirigido pelo italiano Giuseppe Capotondi, no qual trabalha como ator. “Quando os jovens tiverem 85 anos e possuírem filhos e netos, não terão nada se não deixarem de votar nessas pessoas no Brasil, em Londres e Washington”, disse quando estava no tapete vermelho. “Estão garantindo a ruína do mundo, algo para o qual todos temos contribuído”.
 

FOTO Alberto PIZZOLI/AFP/JC
09/09/2019 - 22h55min