Porto Alegre, quarta-feira, 04 de setembro de 2019.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Assembleia Legislativa gaúcha aprova ovo na merenda escolar

Mais uma opção para a alimentação dos estudantes gaúchos. Foi aprovado, por unanimidade na Assembleia Legislativa gaúcha na última terça-feira (3), um projeto de lei que permite a inclusão do ovo in natura desidratado e seus derivados na merenda escolar de alunos da rede pública estadual do Estado. O projeto, de autoria do deputado Ernani Polo (PP), estava na fila para votação desde 2013, e vai de encontro a outro PL que foi votado no ano passado na Assembleia que trata da restrição de alimentos industrializados nas cantinas das escolas estaduais. Com produção anual de três bilhões de unidades de ovos e consumo de 253 ovos per capita no Estado por habitante/ano, o Rio Grande do Sul é o 5º maior produtor de ovos do País, segundo a Associação Gaúcha de Avicultura (Asgav/Sipargs).
 

FOTO ASGAV/DIVULGAÇÃO/JC