Porto Alegre, segunda-feira, 08 de julho de 2019.
Dia do Padeiro.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Manifestação por direitos humanos dá o tom da Parada de Luta LGBTI

O clima de festa e as cores do arco-íris não eliminaram o tom de manifestação e a luta por direitos iguais na 23ª edição da Parada de Luta LGBTI de Porto Alegre, ocorrida neste domingo (7). O evento, que estava programado para 30 de junho e foi transferido em razão da chuva, fez parte de uma programação ainda mais completa, que incluiu outros dois dias de eventos e celebrações. Neste ano, a Parada relembrau os 50 anos da Revolta de Stonewall, movimento que deu inicio à luta pelos direitos LGBTs. Cerca de dez mil pessoas participaram, conforme estimativas da Brigada Militar. A caminhada teve concentração no Parque da Redenção e encerramento na Orla do Guaíba, e foi marcada ainda pela diversidade e presença de trios elétricos e apresentações de drag queens. O evento foi organizado por coletivos LGBTI e teve o apoio da prefeitura de Porto Alegre.
 

FOTO MARCO QUINTANA/JC
08/07/2019 - 17h23min