Porto Alegre, quinta-feira, 16 de maio de 2019.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Entra e sai: Michel Temer deixa a prisão pela segunda vez

Após segunda passagem pela prisão, o ex-presidente da República, Michel Temer, foi solto novamente na última quarta-feira (15). Temer deixou a sede do Policiamento de Choque da Policia Militar de São Paulo e conceceu entrevista aos jornalistas ao chegar à sua casa (foto), dizendo que aguardou "com serenidade" a decisão da Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que, por unanimidade, concedeu liminar para que ele fosse solto. Temer estava preso há menos de uma semana. Em 21 de março deste ano, o ex-presidente já havia tido a prisão decretada - por ordem do juiz Marcelo Bretas, no âmbito da Operação Descontaminação, desdobramento da Lava Jato que investiga desvios de recursos na obra da usina nuclear de Angra 3, no Rio de Janeiro. Para o magistrado, havia risco de Temer seguir comentado crimes caso seguisse solto. Naquele mês, o ex-presidente passou quatro dias numa sala da Superintedência da Polícia Federal no Rio.
 

FOTO Miguel Schincariol / AFP/JC
16/05/2019 - 17h36min