Porto Alegre, terça-feira, 26 de março de 2019.
Aniversário de Porto Alegre. Dia do Cacau.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Confronto durante votação de alteração na carreira de servidores deixa 10 feridos

Os vereadores de Porto Alegre aprovaram, por 24 votos favoráveis e 12 contra, em sessão desta segunda-feira (25) que seguiu até a madrugada, o projeto do Executivo municipal que altera o plano de carreira dos servidores públicos municipais. A sessão começou ainda durante a tarde e foi marcada por protestos dentro e fora da sede do Legislativo municipal. Manifestantes contrários ao projeto tentaram entrar na Câmara e foram barrados devido à lotação das galerias (foto), onde dezenas de servidores munidos de cartazes protestava contra a aprovação do projeto. Ao insistirem na tentativa de entrar no prédio da Câmara, os manifestantes foram impedidos pela Brigada Militar, que usou bombas de efeito moral e gás lacrimogênio contra o grupo. Segundo o Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa), dez servidores foram feridos pela ação policial. A entidade acusa a Guarda Municipal de cometer ''truculência'' contra os servidores. Entre as alterações aprovadas pelo Legislativo estão o método de remuneração dos servidores municipais e a extinção de adicionais por tempo de serviço.
 

FOTO GIULIA SECCO/CMPA/JC