Porto Alegre, terça-feira, 04 de dezembro de 2018.
Dia Mundial da Propaganda.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Cachorro de George Bush faz vigília ao lado de caixão do ex-presidente

A Casa Branca, localizada em Washington, nos Estados Unidos, permanece em luto após a morte do ex-presidente George H.W.Bush. Ele morreu na madrugada de sábado (1º), aos 94 anos. Durante o velório de Bush Pai, chamou atenção a atitude de Sully, seu cão assistente. O labrador, que tem dois anos e deu assistência diária ao ex-presidente, não saiu do lado do caixão enquanto o ex-presidente era velado. Ele esteve presente diariamente na vida do político à medida que o estado de saúde foi ficando complicando e comoveu o mundo em foto nas redes sociais. Seu nome é uma homenagem ao piloto Chesley "Sully" Sullenberger, que fez um pouso forçado no Rio Hudson, em Nova Iorque, em 2009, com 155 pessoas a bordo. Agora, ele deve ser levado ao Centro Médico Militar Nacional Walter Reed e será designado para uma nova família. 
 

FOTO Evan Sisley / Office of George H. W. Bush/AFP/JC