Porto Alegre, quinta-feira, 22 de novembro de 2018.
Dia do Músico. Feriado nos EUA - Dia de Ação de Graças.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Marcha da Consciência Negra em São Paulo clama por fim do racismo

Faixas estampando o rosto de lideranças negras assassinadas e cantos marcaram a 15ª Marcha da Consciência Negra em São Paulo. Tendo como palco a avenida Paulista, na terça-feira (20), o ato reivindicou o fim do racismo, a manutenção da democracia e mais direitos ao povo negro. Dizeres sobre preconceito contra a cultura negra foram estampados em bandeiras com escritos alertando que "atacar os orixás é atacar o povo preto" e também "a destruição dos quilombos é projeto de um Brasil racista". A caminhada teve início no Museu de Arte de São Paulo (Masp) e foi até a Rua da Consolação. Entre os manifestantes, estavam membros de entidades como o Congresso Nacional Afro Brasileiro, o Círculo Palmarino, o coletivo Emancipa, o Sindicato dos Bancários de São Paulo e o Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp).
 

FOTO ROVENA ROSA/Agência Brasil/Divulgação/JC
22/11/2018 - 12h58min