Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

10 boas razões para visitar a Expointer no último fim de semana



No pavilhão da Agricultura Familiar, são quase 230- expositores de produtos de todo o RS
CRÉDITO: LUIZA PRADO/JC
A Expointer que é chamada de retomada, após um ano sem o evento presencial por causa da pandemia, vai até este domingo (12) no Parque Assis Brasil, em Esteio. Ainda há ingressos, considerando o limite de 15 mil pessoas ao dia. Até o fim da manhã deste sábado (11), a venda chegava próximo a 10 mil bilhetes para o dia. Veja como e onde comprar ingressos.
A equipe do Jornal do Comércio listou 10 motivos para ir à feira:
1. O melhor da agroindústria familiar gaúcha:
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/09/09/206x137/1_lp_090921___agricultura_familiar__22_-9412091.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'613a870221ae0', 'cd_midia':9412091, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/09/09/lp_090921___agricultura_familiar__22_-9412091.jpg', 'ds_midia': 'EXPOINTER 2021  Agricultura Familiar  Na foto: Vera Tuchtenhagen', 'ds_midia_credi': 'LUIZA PRADO/JC', 'ds_midia_titlo': 'EXPOINTER 2021  Agricultura Familiar  Na foto: Vera Tuchtenhagen', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '533', 'align': 'Left'}
São 228 estandes no Pavilhão da Agricultura Familiar, que fica na área central, mais perto de quem entra pelas três esferas coloridas, que são vistas de longe. Queijos, sucos, vinhos, salames, mel, cucas e muito mais. É um festival gastronômico com quitutes de famílias de diversas cidades gaúchas. Muitos deles são premiados em concurso na própria feira. 
2. Os melhores animais das raças:{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/09/10/206x137/1_lp_100921___desfile_campeoes__6_-9413506.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'613bb0317a295', 'cd_midia':9413506, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/09/10/lp_100921___desfile_campeoes__6_-9413506.jpg', 'ds_midia': 'Desfile dos campões revelou a qualidade genética de 89 raças ', 'ds_midia_credi': 'LUIZA PRADO/JC', 'ds_midia_titlo': 'Desfile dos campões revelou a qualidade genética de 89 raças ', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '533', 'align': 'Left'}
O maior atrativo e que faz da Expointer uma das mais importantes mostras da América Latina é a qualidade genética dos representantes dos rebanhos que estão em pavilhões do parque. São ovinos, bovinos, gado de leite, cavalos e ainda pequenos animais, de coelhos a passarinhos de 50 gramas.
3. Animal mais pesado da feira:
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/09/06/206x137/1_lp_060921___expointer__19_-9407249.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'613649908a56e', 'cd_midia':9407249, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/09/06/lp_060921___expointer__19_-9407249.jpg', 'ds_midia': 'EXPOINTER 2021  Animal mais pesado - touro Guardião da Boa Esperança ', 'ds_midia_credi': 'LUIZA PRADO/JC', 'ds_midia_titlo': 'EXPOINTER 2021  Animal mais pesado - touro Guardião da Boa Esperança ', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '533', 'align': 'Left'}
O touro Guardião da Boa Esperança garantiu o título de animal mais pesado da edição de 2021, ao cravar 1.245 quilos. O animal da raça Limousin, uma das mais produtivas para carne, é um dos destaques da cabanha Boa Esperança, de Cachoeira do Sul e fica no pavilhão dos grandes animais.  
4. Gastronomia da melhor carne bovina e ovina do Brasil: a marca da carne do rebanho gaúcho é a qualidade que se destaca no Brasil. No parque, diversos restaurantes, muitos em sedes de associações de criadores, oferecem cardápio com opções da proteína, da bovina a cordeiro.
5. Vestimenta campeira:
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/09/08/206x137/1_img_8535-9409569.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'61390a4b70bf6', 'cd_midia':9409569, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/09/08/img_8535-9409569.jpg', 'ds_midia': 'Expointer - comércio de vestuário campeiro no parque de Exposições Assis Brasil em Esteio ', 'ds_midia_credi': 'PATRICIA COMUNELLO/ESPECIAL/JC', 'ds_midia_titlo': 'Expointer - comércio de vestuário campeiro no parque de Exposições Assis Brasil em Esteio ', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '600', 'align': 'Left'}
Quem gosta de artigos de vestuário e acessórios ligados à lida do campo vai se esbaldar no roteiro de estandes que vendem os produtos. Com o baixo movimento, há muitas promoções e preços praticados em 2019, quando teve a última Expointer presencial.
6. Provas de cavalos: mesmo no último fim de semana, algumas raças ainda fazem evoluções na pista central do parque e pode ser um bom atrativo para crianças e adultos que gostam desses animais.
7. Vacas leiteiras: o estande da bovinocultura ligada ao leite tem duas raças que são as mais exploradas pelos produtores, que são a holandesa (pelagem branca e preta) e Jersey (pelagem marrom). É um bom passeio para crianças entenderem da onde vem o leite da caixinha.
8. Motos Harley Davidson:
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/09/06/206x137/1_img_8179-9407786.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'6136896b4883b', 'cd_midia':9407786, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/09/06/img_8179-9407786.jpg', 'ds_midia': 'Expointer - estande de venda de modelos da moto Harley Davidson - público - Estanda da Iesa - consumo - Minuto Varejo', 'ds_midia_credi': 'PATRICIA COMUNELLO/ESPECIAL/JC', 'ds_midia_titlo': 'Expointer - estande de venda de modelos da moto Harley Davidson - público - Estanda da Iesa - consumo - Minuto Varejo', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '600', 'align': 'Left'}
Não são apenas os animais que atraem a atenção e o interesse do público. Em um dos estandes de veículos, bem ao lado do Pavilhão Internacional, estão expostas beldades da marca de motocicletas norte-americana Harley Davidson. "Quero ver a moto do Arnold", costumam pedir os visitantes, que aportam no tablado onde estão os modelos, entre os mais icônicos, como o Fat Boy, que figurou na sequência de filmes do Exterminador do Futuro, guiada pelo ator Arnold (por isso eles chegam falando o nome) Schwarzenegger.
9. Melhores azeites do Brasil:
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/09/11/206x137/1_img_8015-9414244.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'613cb375ec12e', 'cd_midia':9414244, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/09/11/img_8015-9414244.jpg', 'ds_midia': 'Expointer = estande do azeite - mostra de marcas gaúchas - pavilhão internacional', 'ds_midia_credi': 'PATRICIA COMUNELLO/ESPECIAL/JC', 'ds_midia_titlo': 'Expointer = estande do azeite - mostra de marcas gaúchas - pavilhão internacional', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '600', 'align': 'Left'}
Estande no Pavilhão Internacional apresenta azeites produzidos no Estado, que é referência hoje no Brasil e tem produção crescente, com rótulos premiados pelo mundo. É possível comprar produtos no local. Fabricantes também explicam as características do azeite gaúcho.
10. Mostra sobre a febre aftosa:
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/09/08/206x137/1_dea5fc4c_7b76_489f_a666_4feccfdb4da4-9409430.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'6138f2a8c8631', 'cd_midia':9409430, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/09/08/dea5fc4c_7b76_489f_a666_4feccfdb4da4-9409430.jpg', 'ds_midia': 'Expointer - 2021 - mostra sobre história da aftosa - estande do Ministério da Agriicultura - visitantes podem conhecer a trajetória do combate até a obtenção de certificação de zona livre sem vacinação do RS - história no Brasil', 'ds_midia_credi': 'PATRICIA COMUNELLO/ESPECIAL/JC', 'ds_midia_titlo': 'Expointer - 2021 - mostra sobre história da aftosa - estande do Ministério da Agriicultura - visitantes podem conhecer a trajetória do combate até a obtenção de certificação de zona livre sem vacinação do RS - história no Brasil', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '450', 'align': 'Left'}
A obtenção do certificado de zona livre de aftosa sem vacinação pelo Rio Grande do Sul é um dos fatos mais comemorados na feira de 2021. Para levar mais informações sobre a história da doença no Brasil e no RS e conquistas sanitárias em 50 anos, a Rede de Laboratórios Federais de Defesa Agropecuária (Rede LFDA) montou uma exposição com áudio que as pessoas podem ir acompanhando os painéis durante o roteiro. Também é mostrado o trabalho para tornar o Brasil livre de febre aftosa sem vacinação até 2026. Em maio, a Organização Internacional de Epizootias (OIE) reconheceu novas zonas livres de febre aftosa sem vacinação também no Paraná, Acre, em Rondônia e parte do Amazonas e do Mato Grosso. Apenas Santa Catarina tinha esse status desde 2007.


Publicado em 11/09/2021.
Comentários CORRIGIR TEXTO