Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Esportes

- Publicada em 02 de Junho de 2022 às 22:06

Grêmio não sai do 0 a 0 com o Vasco e segue sem vencer na Série B

A noite desta quinta-feira não foi positiva para os ataques de Grêmio e Vasco

A noite desta quinta-feira não foi positiva para os ataques de Grêmio e Vasco


LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA/DIVULGAÇÃO/JC
Vinicius Alves
O Grêmio empatou em 0 a 0 com o Vasco nesta quinta-feira (2), no estádio São Januário (RJ), em partida válida pela 10ª rodada da Série B. É o terceiro empate consecutivo sem gols do Tricolor, que não vence há cinco partidas na competição. 
O Grêmio empatou em 0 a 0 com o Vasco nesta quinta-feira (2), no estádio São Januário (RJ), em partida válida pela 10ª rodada da Série B. É o terceiro empate consecutivo sem gols do Tricolor, que não vence há cinco partidas na competição. 
O resultado em nada muda, até então, para as duas equipes. O Grêmio soma um ponto e chega aos 14, na 5ª colocação. Já o Gigante da Colina permanece na vice-liderança, com 18, ainda sem perder na Série B. Os dois times podem perder posições ao final da rodada, com o time gaúcho podendo ficar ainda mais longe do G4 de acesso à primeira divisão.
O elenco gremista tem agora cinco dias até a partida da próxima rodada, quando recebe o Novorizontino, na terça-feira (7), às 21h30min, pela 11ª rodada. O clube paulista é mais um adversário direto da parte de cima da tabela.

O jogo

Um jogo duro, com doze faltas cometidas e cinco cartões amarelos. Esse foi o retrato do primeiro tempo entre Vasco e Grêmio. Com mudanças, o time de Roger Machado não conseguiu se impor diante da defesa vascaína, mas também soube conter o ataque adversário e não sofreu sustos.
Na melhor oportunidade carioca, em escapada de Figueiredo pela direita, o atacante rolou a bola para a entrada da área e encontrou Nenê, que finalizou de fora e obrigou Brenno realizar a defesa. Já o Grêmio, não conseguiu ser efetivo em suas arrancadas pela esquerda e nem mesmo soube aproveitar a vantagem numérica no meio-campo e erros na saída de bola vascaína. Na melhor chegada, Thiago Santos tabelou com Diego Souza na entrada da área, mas finalizou para fora. Em outros dois chutes, Benítez e Biel, ambos de fora da área, colocaram o goleiro Thiago Rodrigues para trabalhar num primeiro tempo marcado pelo alto número de cartões amarelos e reclamações com a arbitragem.
Cotado para iniciar a partida como titular, Janderson foi a novidade gremista na volta do intervalo, entrando pela direita, no lugar do apagado Benítez.
O intervalo de partida ao menos acalmou as coisas pelos lados do São Januário. Os times voltaram e a partida foi menos paralisada, apesar do equilíbrio entre Vasco e Grêmio. O Tricolor, inclusive, foi o primeiro a chegar no ataque, novamente pela esquerda, mas Thiago Rodrigues defendeu um chute de Biel.
O Vasco cresceu no jogo durante a metade da etapa complementar, o que obrigou Roger Machado a promover mais três mudanças no time. Ainda assim, os dois ataques seguiam pouco criativos e sem grandes finalizações, em meio a uma partida que parecia estar fadada ao 0 a 0.
A noite desta quinta-feira realmente não foi positiva para os ataques. Roger Machado e Zé Ricardo até que tentaram dar outra cara no setor ofensivo dos times, promovendo entradas como Elkeson e Raniel.
Nos minutos finais, ambos os times passaram a ceder espaços na defesa, e o ex-Inter Carlos Palacios quase foi o personagem da partida. O chileno apareceu em duas oportunidades, com uma finalização de fora da área espalmada por Brenno e um chute no travessão aos 48 minutos do segundo tempo, mas o confronto diante do torcedor vascaíno terminou empatado em 0 a 0.

Ficha Técnica

Vasco da Gama
Thiago Rodrigues; Gabriel Dias (Weverton), Quintero, Anderson Conceição e Edimar; Yuri, Andrey Santos (Matheus Barbosa), Nenê (Carlos Palacios), Gabriel Pec e Figueiredo (Vinícius); Getúlio (Raniel). Técnico: Zé Ricardo.
Grêmio
Brenno; Bruno Alves, Geromel e Kannemann; Edilson (Jhonata Varela), Thiago Santos, Bitello (Lucas Silva) e Nicolas (Diogo Barbosa); Biel e Benítez (Janderson); Diego Souza (Elkeson).
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP).
Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO