Porto Alegre, quinta-feira, 18 de novembro de 2021.
Porto Alegre,
quinta-feira, 18 de novembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Inter

- Publicada em 18/11/2021 às 15h22min.

Mercado estranha postura defensiva do Inter diante do Cuiabá

Zagueiro argentino Gabriel Mercado afirmou que o Inter sempre tem que jogar para frente

Zagueiro argentino Gabriel Mercado afirmou que o Inter sempre tem que jogar para frente


RICARDO DUARTE/INTER/JC
Mesmo tendo como meta terminar entre os seis primeiros colocados para garantir uma vaga na Copa Libertadores de 2022, o Inter teve uma atuação apática, sem criatividade e força ofensiva na Arena Pantanal. Com isso, perdeu para o Cuiabá por 1 a 0 pela 33ª rodada do Brasileirão.
Mesmo tendo como meta terminar entre os seis primeiros colocados para garantir uma vaga na Copa Libertadores de 2022, o Inter teve uma atuação apática, sem criatividade e força ofensiva na Arena Pantanal. Com isso, perdeu para o Cuiabá por 1 a 0 pela 33ª rodada do Brasileirão.
A falta de coragem até causou estranheza ao zagueiro Mercado. "Como time grande, acho que nós temos a responsabilidade de jogar na frente, em cima do adversário, para criar situações no ataque", avaliou o defensor, indignado, como deve ter ficado a torcida colorada.
Mas ele garante que o grupo de jogadores está determinado a brigar por uma vaga na Libertadores. "Vamos ter cinco finais", disse em relação aos cinco últimos jogos da temporada. "Temos que melhorar. A torcida pode ter certeza de que vamos brigar para atingir o objetivo, que é conquistar uma vaga na Libertadores", completou.
Nem mesmo a entrada de Edenilson durante o segundo tempo no lugar de Caio Vidal mudou a postura defensiva do Inter. O meia só chegou à capital do Mato Grosso no final da manhã, por volta das 11h, vindo da Argentina, onde serviu a seleção brasileira pela Eliminatória Sul-americana.
Mesmo não tendo atuado no empate sem gols entre Brasil e Argentina, Edenilson foi poupado no primeiro tempo. Uma decisão tomada pelo técnico Diego Aguirre. "Existe um desgaste emocional e físico pela viagem, noite mal dormida e estas coisas. Por isso, deixamos ele para o segundo tempo", explicou o técnico.
O Inter volta a campo no próximo sábado, às 21h30min, quando recebe o Flamengo no Beira-Rio em jogo válido pela 34ª rodada. Existe a expectativa de que o time carioca utilize uma formação reserva, uma vez que no dia 27 vai decidir com o Palmeiras o título da Copa Libertadores. Este jogo será disputado no Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO