Porto Alegre, quinta-feira, 14 de outubro de 2021.
Porto Alegre,
quinta-feira, 14 de outubro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Eliminatória Sul-Americana

- Publicada em 13/10/2021 às 20h15min.

Contra o Uruguai, Tite pode promover até quatro mudanças no time

Raphinha treinou entre os titulares e pode ser a novidade

Raphinha treinou entre os titulares e pode ser a novidade


Lucas Figueiredo/CBF/Divulgação/JC
Vinicius Alves
A seleção brasileira enfrenta o Uruguai nesta quinta-feira (14), às 21h30min, na Arena da Amazônia, pela 12ª rodada da Eliminatória para a Copa do Mundo de 2022. Com vaga encaminhada, o Brasil é o líder invicto com 28 pontos, enquanto os uruguaios ocupam a quarta colocação, com 16 pontos, e seguem na briga por uma das quatro vagas para o Mundial.
A seleção brasileira enfrenta o Uruguai nesta quinta-feira (14), às 21h30min, na Arena da Amazônia, pela 12ª rodada da Eliminatória para a Copa do Mundo de 2022. Com vaga encaminhada, o Brasil é o líder invicto com 28 pontos, enquanto os uruguaios ocupam a quarta colocação, com 16 pontos, e seguem na briga por uma das quatro vagas para o Mundial.
Tite deve promover mudanças em relação ao time que apenas empatou com a Colômbia no domingo (10). Um dos destaques das últimas duas partidas, o atacante Raphinha, do Leeds United-ING, treinou entre os titulares e pode ser a novidade diante da Celeste, entrando no lugar de Gabigol.
No setor defensivo, outras três alterações são previstas. O lateral Alex Sandro deve ser o único que atuou contra a Colômbia a permanecer entre os titulares. Thiago Silva, poupado contra a Colômbia, volta aos 11 iniciais e jogará ao lado de Éderson, Emerson Royal e Lucas Verissimo, que entram nos lugares de Alisson, Danilo e Marquinhos. O zagueiro Éder Militão é desfalque confirmado para a partida. Ele passou por um exame que constatou um trauma na região posterior da coxa direita, sofrido diante dos colombianos, na partida de domingo.
Sendo assim, um provável Brasil tem: Éderson, Emerson Royal, Lucas Verissimo, Thiago Silva e Alex Sandro; Fabinho, Fred e Lucas Paquetá; Raphinha, Gabriel Jesus e Neymar.
Precisando da vitória para se aproximar ainda mais da classificação, o Uruguai terá de quebrar um jejum histórico. A Celeste não vence o Brasil desde 2001. De lá para cá, são 11 partidas entre amistosos, Eliminatórias e Copa América, com seis vitórias do Brasil e cinco empates.
Além do jejum, os dois principais destaques do Uruguai, os atacantes Edinson Cavani e Luis Suárez, vivem uma seca de gols e não marcam nas Eliminatórias desde novembro do ano passado. Fora da derrota por 3 a 0 para a Argentina, Cavani retorna ao time que deve ter outras três mudanças para enfrentar o Brasil. O principal desfalque para esta quinta-feira é o meia do Flamengo Arrascaeta, que sofreu uma lesão muscular na semana passada.
O provável Uruguai tem: Muslera, Nahitan Nández, Sebastián Coates, Diego Godín e Joaquín Piquerez; Federico Valverde, Matías Vecino, Rodrigo Bentancur e Nicolás de la Cruz; Suárez e Cavani.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO