Porto Alegre, quarta-feira, 04 de agosto de 2021.
Dia dos Padres.
Porto Alegre,
quarta-feira, 04 de agosto de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Inter

- Publicada em 18h50min, 04/08/2021.

Após melhora na defesa, Aguirre busca suprir carência de gols no Inter

Com semana cheia para treinos, técnico uruguaio procura o caminho das redes

Com semana cheia para treinos, técnico uruguaio procura o caminho das redes


RICARDO DUARTE/INTER/JC
O Inter de 2021 vive sob a teoria do "cobertor curto": quando tapa a cabeça desprotege os pés. Desde que assumiu o comando do time, Diego Aguirre focou em reformar o setor defensivo, recebeu novas peças e conseguiu estancar o vazamento. O problema é que um novo drama surgiu: marcar gols.
O Inter de 2021 vive sob a teoria do "cobertor curto": quando tapa a cabeça desprotege os pés. Desde que assumiu o comando do time, Diego Aguirre focou em reformar o setor defensivo, recebeu novas peças e conseguiu estancar o vazamento. O problema é que um novo drama surgiu: marcar gols.
Sob o comando do uruguaio, foram 11 partidas com nove gols sofridos. Nos últimos seis jogos, o Inter sofreu apenas dois gols. O problema é que também pouco marcou. No mesmo período o Colorado balançou a rede rival em duas oportunidades. Para que se tenha ideia da melhora defensiva, nos dois últimos jogos sob comando de Miguel Ángel Ramírez o Inter tinha sofrido oito gols.
Ao contrário dos jogos contra Olimpia e Athletico-PR, diante do Cuiabá o problema não foi aproveitamento, mas sim construção. A equipe gaúcha pouco frequentou a área rival e mal teve chances reais de balançar as redes.
A prioridade defensiva se refletiu nas ações de mercado do Colorado. Decidido a parar de ser vazado, o clube contratou um lateral-esquerdo e dois zagueiros desde a troca de comando técnico. O ataque tinha recebido Taison e Palacios no começo da temporada.
Agora, o foco é apenas um atacante. Com outra alternativa, a ideia é que os gols voltem a acontecer com alguma naturalidade e ajudem a, ao menos, afastar o time cada vez mais da zona de rebaixamento.
E para marcar gols, o desfaio colorado na próxima rodada do Brasileirão é gigantesco. No domingo, no Maracanã, o Inter enfrenta o Flamengo de Renato Portaluppi. Para este duelo, Aguirre terá os retornos dos atacantes Thiago Galhardo e Yuri Alberto. E poderá ter ainda a estreia do lateral-direito argentino Gabriel Mercado.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário