Porto Alegre, quinta-feira, 24 de junho de 2021.
Dia da Indústria Gráfica.
Porto Alegre,
quinta-feira, 24 de junho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Vôlei

- Publicada em 13h55min, 24/06/2021.

Seleção brasileira feminina vence Japão e vai disputar a final da Liga das Nações

Brasil venceu o Japão por 3 sets a 1; Tandara foi a maior pontuadora da partida

Brasil venceu o Japão por 3 sets a 1; Tandara foi a maior pontuadora da partida


CBV/Divulgação/JC
A seleção brasileira feminina de vôlei venceu o Japão, nesta quinta-feira (24), por 3 sets a 1, com parciais de 25/15, 25/23, 29 a 31 e 25 x 16 e vai disputar a final da Liga das Nações, nesta sexta-feira, em Rimini, na Itália.
A seleção brasileira feminina de vôlei venceu o Japão, nesta quinta-feira (24), por 3 sets a 1, com parciais de 25/15, 25/23, 29 a 31 e 25 x 16 e vai disputar a final da Liga das Nações, nesta sexta-feira, em Rimini, na Itália.
O primeiro set foi bastante disputado e as japonesas lideraram o placar em 10 a 9. Foi preciso uma sequência de Gabi no saque para o Brasil somar oito pontos consecutivos e marcar 20 a 12. Daí até o fim só foi preciso manter o ritmo para iniciar na frente.
Tandara e Gattaz estavam insuperáveis no bloqueio, segurando todos os ataques de Koga e Shimamura, mas Ishikawa jamais desanimou e colocou as nipônicas na frente em 8 a 6. Mas as asiáticas acumularam vários erros e o Brasil conseguiu abrir para 22 a 18 e depois fechou em 2 a 0.
O terceiro set foi espetacular. Com muita velocidade, o Japão ficou à frente em 8 a 3 e 12 a 5. José Roberto Guimarães fez alterações e o Brasil reequilibrou a parcial, que, a partir de 14 pontos permaneceu empatada até 29 a 29, quando a defesa japonesa sobressaiu e o terceiro set foi do Japão.
O destaque no começo do quarto set foi a defesa do Japão, que alcançou 5 a 1 no placar. O saque brasileiro melhorou e o Brasil virou para 8 a 7 e depois 12 a 8, aproveitando os quatro erros do adversário. Daí até o final a seleção apresentou um vôlei de alto nível, muito pela entrada de Rosamaria e Roberta.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário