Porto Alegre, quinta-feira, 08 de abril de 2021.
Dia Mundial do Combate ao Câncer.
Porto Alegre,
quinta-feira, 08 de abril de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Esportes

- Publicada em 22h30min, 07/04/2021.

Notas Esportivas

  • Copa do Brasil - Ainda pela segunda fase do torneio, nesta quinta-feira (8), às 19h, o Criciúma recebe a Ponte Preta. Mais tarde, às 21h30min, o Juventude visita o Vila Nova, em Goiás. Em caso de empate no tempo normal, o classificado será conhecido nos pênaltis.
  • Liga dos Campeões - Os visitantes se deram bem nos duelos de ida, nesta quarta-feira (7), pelas quartas de final da competição. Em Portugal, o Porto acabou derrotado pelo Chelsea por 2 a 0, gols de Chilwell e Mount. Já na Alemanha, de baixo de muita neve, o PSG surpreendeu a forte equipe do Bayern de Munique e venceu por 3 a 2. Mbappé, duas vezes, e Marquinhos marcaram os gols do time francês. Müller e Choupo-Moting descontaram para os alemães.
  • Liga dos Campeões 2 - O SBT anunciou a compra dos direitos de transmissão até 2024, após vencer disputa com a Globo. Dessa forma, o principal torneio de clubes da Europa volta a ser apresentado na TV aberta. A emissora começa as transmissões em agosto e poderá escolher os jogos a serem transmitidos nas terças e quartas-feiras. Na TV fechada, a exibição segue na TNT Sports.
  • Olimpíadas - O governador da região administrativa de Osaka, no Oeste do Japão, anunciou nesta quarta-feira (7) a proibição da passagem da tocha olímpica em todas as vias públicas da província, devido à situação sanitária. Hirofumi Yoshimura disse que estuda a possibilidade de realizar o revezamento em um parque fechado ao público.
  • Tênis - O torneio de Roland Garros, principal evento da temporada de saibro e que estava programado para acontecer de 23 de maio a 6 de junho, foi adiado em uma semana. Com isso, será disputado de 30 de maio a 13 de junho, o que poderá permitir receber mais público se o governo francês flexibilizar as restrições sanitárias à pandemia da Covid-19.
Comentários CORRIGIR TEXTO