Porto Alegre, quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021.
Dia da Criação do Ministério das Comunicações.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

campeonato brasileiro

- Publicada em 23h55min, 25/02/2021.

Com a cabeça na Copa do Brasil, Grêmio perde para o Bragantino fora de casa

Tricolor precisa ser campeão da Copa do Brasil para entrar na fase de grupos da Libertadores

Tricolor precisa ser campeão da Copa do Brasil para entrar na fase de grupos da Libertadores


LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA/JC
O Red Bull Bragantino encerrou sua primeira participação no Campeonato Brasileiro com o novo nome com vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio, nesta quinta-feira (23), no estádio Nabi Abi Chedid. O único gol do duelo foi marcado por Claudinho, que foi o artilheiro da competição, com 18 gols, ao lado de Luciano, do São Paulo.
O Red Bull Bragantino encerrou sua primeira participação no Campeonato Brasileiro com o novo nome com vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio, nesta quinta-feira (23), no estádio Nabi Abi Chedid. O único gol do duelo foi marcado por Claudinho, que foi o artilheiro da competição, com 18 gols, ao lado de Luciano, do São Paulo.
Com o resultado, o time paulista ficou na décima posição, com 53 pontos, com a vaga garantida antecipadamente na Copa Sul-Americana. O Grêmio, por outro lado, ficou em sexto, com 59. O tricolor gaúcho precisa ser campeão da Copa do Brasil para entrar na fase de grupos da Libertadores. Caso contrário, entrará nas etapas preliminares.
Com um time recheado de reservas, o Grêmio esperou o Bragantino e optou por concentrar seus esforços no setor defensivo. Sob os gritos do auxiliar Alexandre Mendes, já que Renato Gaúcho sequer viajou, o time conseguiu anular os pontos fortes do adversário, que, mesmo tendo volume de jogo, não conseguiu transformar a superioridade em gol no primeiro tempo.
A principal chance foi aos 18 minutos. Aderlan fez boa jogada pela direita e cruzou na cabeça de Ytalo. Livre de marcação, o atacante, que parecia inteiro na jogada, apenas deu um leve desvio e facilitou a defesa de Júlio César. Claudinho ainda teve uma grande oportunidade de marcar, mas jogou no travessão.
O Grêmio, por sua vez, não conseguiu encaixar um contra-ataque e chegou apenas em um chute, sem muita pretensão, de Derlan. Já o Bragantino ainda tentou uma última vez com Artur, mas Julio César, que fez seu último jogo com a camisa do clube gaúcho, segurou.
No segundo tempo, apareceu a estrela de Claudinho. Um dos destaques do Campeonato Brasileiro, o meia tabelou com Ytalo e chutou rasteiro para superar Júlio César. Um bonito gol no Nabi Abi Chedid. O tento animou o time paulista, que seguiu em cima, empurrando o Grêmio para o campo de defesa.
Com o tempo, o Bragantino se acomodou com o resultado e desacelerou o jogo. Com o foco total na Copa do Brasil, o Grêmio aceitou. O jogo, então, acabou caindo de produção. O time gaúcho só foi ameaçar aos 39 minutos, em um arranque de Ferreirinha. O chute passou rente à trave de Cleiton.
No fim, o time paulista criou boas oportunidades com Leandrinho, mas o Grêmio se segurou para evitar uma derrota ainda mais elástica, no jogo que antecedeu a decisão da Copa do Brasil.

Escalação

BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Ligger e Edimar; Raul, Lucas Evangelista (Ricardo Ryller) e Claudinho; Artur (Leandrinho), Ytalo (Hurtado) e Vitinho (Cuello). Técnico: Maurício Barbieri.
GRÊMIO: Júlio César; Vanderson, Rodrigues, Ruan e Bruno Cortez; Darlan (Isaque), Thaciano e Pinares; Everton (Guilherme Azevedo), Ferreira e Churín. Técnico: Alexandre Mendes (auxiliar).
ÁRBITRO: Ramon Abatti Abel (SC). 
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO